Programa de Festas

Março 11, 2008

Slam “A Cappella” – Souleymane Diamanka & John Banzai

Dia 11 de Março às 20h00 e dia 12 às 15h00, no Instituto Franco-Português

Dia 13 às 23h30 na Galeria Zé dos Bois com os Chullage

O slam é uma arte de expressão popular oral. Nasceu em Chicago, em 1984, pela voz de Marc Smith, num clube de jazz da cidade. Esta arte declamatória, de poesia oral e pública, fazia-se ouvir em bares, associações, ou ao ar livre, e tinha subjacente, de início, a noção de concurso. Em França o movimento tem vindo a crescer e os slameurs franceses levaram-no também para o palco. A noção de desafio continua lá mas já não é apenas um concurso mas sobretudo uma partilha, uma entrega, uma transmissão de emoção, pela palavra, pela voz e pelo corpo. Normalmente “a cappella” as sessões de slam são lugares de improvisação e liberdade de expressão, abertos a todos.

Vem isto a propósito da estada entre nós de dois slameurs franceses que se apresentam durante estes três dias em Lisboa, Souleymane Diamanka, franco-senegalês e um dos slameurs que mais se apresenta em França, já apelidado de mercador de sentimentos, e de John Banzai, francês de origem polaca, a quem chamam o kamikaze da palavra, no âmbito da Festa da Francofonia e da 10ª Primavera dos Poetas.

Chegados ontem ao início da noite, começam as suas apresentações hoje, dia 11, à tarde no Liceu Francês e a partir das 20h00 no Instituto Franco-Português, mesmo antes do Café Philo. Por esta ocasião, Soleymane Diamanka e John Banzai farão também a apresentação do livro que escreveram a duas mãos: “J’écris en français dans une langue étrangère”. Dia 12 às 15h00, estão de volta ao Instituto Franco-Português. Venha deixar-se surpreender por estes dois poetas e improvisadores.

Dia 13 vão partilhar as suas poesias com os Chullage, na Galeria Zé dos Bois a partir das 23h30.

Informação do Instituto Franco-Português

Create a free website or blog at WordPress.com.