Programa de Festas

Novembro 20, 2008

8ª edição da ARTE LISBOA

Filed under: sugestões — profestas @ 4:28 pm
Tags: , , ,

A 8ª edição da ARTE LISBOA vai realizar-se entre os dias 19 e 24 de Novembro. A feira de arte contemporânea portuguesa decorrerá no Pavilhão 4 do recinto da FIL, situado no Parque das Nações, em Lisboa, junto ao Rio Tejo.

 
A organização da 8ª edição da Feira ARTE Lisboa espera receber mais de 20 mil visitantes no maior certame de arte contemporânea do país, este ano com 70 galerias, a partir de quarta-feira no Parque das Nações.

Numa edição que acolhe mais dez galerias do que em 2007, a Feira ARTE Lisboa pretende mostrar durante uma semana, até 24 de Novembro, “um crescimento em qualidade e quantidade”, disse à Agência Lusa fonte da organização.

Ainda segundo a mesma fonte, pela primeira vez na história do certame a inauguração contará com a presença do Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, que visitará o recinto da Feira Internacional de Lisboa hora e meia depois da inauguração oficial, prevista para as 18h00.

Organizada pela Associação Industrial Portuguesa/Feira Internacional de Lisboa (AIP/FIL), a Feira ARTE Lisboa reúne 45 galerias portuguesas e 25 estrangeiras: a Espanha mantém uma significativa representação, com vinte galerias, mais duas do Brasil (Amparo Sessenta, do Recife, e a Lemos de Sá, de Belo Horizonte), uma de Moçambique (Muvart, de Maputo), uma da Coreia (AKA Gallery de Seul) e uma da Alemanha (Brot.Undspiele Galerie, de Berlim).

Ponto de encontro de artistas, coleccionadores, críticos e outros agentes do meio, o certame visa igualmente divulgar a arte contemporânea nacional e internacional junto do público comprador.

Este ano, a organização da ARTE Lisboa espera receber cerca de 20 mil visitantes durante seis dias, período em que decorrem também debates e conferências.

Nesta edição regressa o espaço Project Rooms, introduzido no ano passado para a apresentação de projectos paradigmáticos da arte contemporânea, comissariado este ano por Paco Barragán, curador e gestor cultural espanhol”.

Bilhete Individual 20 – 24 Novembro: 8,00 € (IVA incluído)
Bilhete Estudante / Jovem / Sénior 20 -24 Novembro: 4 € (IVA incluído)
Catálogo Oficial ARTE LISBOA 2008: 20,00 € (IVA incluído)

 

Arte Lisboa

Novembro 15, 2008

JP Simões – Livraria TRAMA – música

Filed under: sugestões — profestas @ 7:15 pm
Tags: , , , , ,

No dia 18 de Dezembro, JP Simões apresenta-se ao vivo na Livraria TRAMA, em Lisboa (Rua São Filipe Nery 25B – telefone 213888257), às 22h00.

A Livraria Trama é “Um espaço irreverente, com um pé na literatura e outro na cafetaria. Aqui, podem folhear-se livros ao sabor de um café ou no decurso de um espectáculo musical(…)”

 

Livraria Trama

Outubro 31, 2008

CASA DA AMÉRICA LATINA – Próximos espectáculos

Música, Dança e Canções da Venezuela

                                                                                                    

Com a Orquestra Típica da Venezuela.

data: Dia 3 de Novembro de 2008, Segunda às 21h30
local: Aula Magna (Lisboa)

ORIGEN Y LUZ

                                                              

Inauguração da exposição “Origen y Luz” de Maryolga Nieto, com conferência de Joaquin Lopez Mujica.

data: Dia 5 de Novembro de 2008, Quarta às 18h30 (Até dia 8 de Novembro)
local: Casa da América Latina

ITINERÁRIO Tango Poesia

Concerto – Recital por Marina Cedro (apresentação do seu último disco)

data: Dia 7 de Novembro de 2008, Sexta às 22h00
local: Casa da América Latina

                                                AGAKUKE E A FILHA DO SOL

Teatro de Marionetes pela Companhia Lua Cheia.

data: Dia 14 de Novembro de 2008, Sexta às 20h30
local: Casa da América Latina

ESPAÇOS

Exposição
Dia 21 de Novembro de 2008, Sexta às 18h30 (Até dia 28 de Novembro) – Casa da América Latina

O AMOR NA POESIA DOMINICANA

Dia 25 de Novembro de 2008, Terça às 18h30 – Casa da América Latina

AS ORIGENS DO MERENGUE

Conferência
Dia 27 de Novembro de 2008, Quinta às 21h30 – Casa da América Latina

 

site da Casa da América Latina

 

Outubro 25, 2008

ALVITO – FEIRA DOS SANTOS

ALVITO – FEIRA DOS SANTOS
13ª MOSTRA DE PRODUTOS E SERVIÇOS LOCAIS E REGIONAIS

Aproxima-se o mês de Novembro e a azáfama é grande para preparar a já tradicional Feira dos Santos, em Alvito.

Este ano realiza-se. mais uma vez, a Mostra de Produtos e Serviços Locais e Regionais, que vai na 13ª edição e cuja abertura oficial acontecerá no dia 31 de Outubro pelas 18h.

O programa cultural proposto para a edição de 2008, segue o modelo de anos anteriores. Contudo, houve uma preocupação grande em diversificar as actividades, de forma a atrair mais visitantes à Feira e à Mostra.

As actividades musicais vão desde a actuação de Grupos de Cante Coral, à actuação de fadistas como Diamantina, João Chora e Edgar Baleizão, à realização de um Festival Etnográfico, ao espectáculo com Tonicha e venham mais cinco…Alentejanos, passando pela música JAZZ .

As actividades desportivas também foram previstas, assim como a realização de exposições, que estarão patentes no Centro Cultural de Alvito e no Posto de Turismo, e a realização de um Colóquio/Debate sobre Tradição/ Inovação-uma realidade das feiras francas “ O caso da Feira dos Santos” .

Entre os dias 31 de Outubro e 2 de Novembro visite Alvito e a sua Feira Tradicional.

Consulte o programa cultural em

 

Câmara Municipal de Alvito

Setembro 27, 2008

EIRA – Espaço comunitário – MiGo: inauguração exposição de fotografia + BARRABÁS CREW 24h00

“Gosto dos olhos. De olhar. De quem me olha. Gosto de olhos, que olham. Gosto de olhos que sabem a sal. Que cheiram a terra seca. Gosto de olhos amargos e doces. Ternos. Gosto de ouvir histórias através dos olhos.
Histórias de uma cultura reinventada, fruto dos diferentes referenciais culturais que as migrações suscitam e misturam. Com ternura. E amargura. O ter partido, e querer regressar. O já ter nascido cá, mas sentir que nunca se chegou. O estarmos todos juntos, e isso não ser fácil. Mas continuarmos juntos.
Procurei retratos que fossem mensagens de ilusão e esperança num futuro que já começou há muito tempo. Demasiado tempo. Porque acredito que as migrações são a maior riqueza do século que começa.”

Biografia: Catarina Laranjeiro nasceu em Guimarães em 1983. Aos 18 anos muda-se para Lisboa onde se licencia em Psicologia Social. Mais tarde estuda fotografia na escola Oficina da Imagem. Actualmente vive em Berlim onde colabora em alguns trabalhos de fotografia e cinema.

Barrabás Crew

 27 set, sáb
23h00
MIGO
inauguração exposição de fotografia
+
24h00
BARRABÁS CREW
dj
entrada livre

A razões imponderáveis cada vez mais frequentes, o Barrabás original (o do Eira, não o do Novo Testamento; pesem embora as sazonais semelhanças físicas) resolve tirar o pó a uma colecção de discos herdada de tempos que, para muitos imberbes, se confundirão com os próprios bíblicos.
Para isso nada melhor que as experientes agulhas do Eira.
Como Pilatos, o restante pessoal lava daí as suas mãos. Mas segue pelos ímpios caminhos do jazz, do blues e do rock’n’roll.

 

Segundo a direcção da associação, “o Eira está a mudar… está a crescer, a ficar mais aconchegante.
Acaba de chegar o bilhar, um novo balcão (desta vez um a sério, sem improvisos), mais algumas mesas e cadeiras.
Aos pouquinhos vamos conseguindo atingir os objectivos inicialmente propostos.
Até ao final do ano (se tudo correr como é suposto), teremos novas cores, mais casas de banho e a sala de ensaios.
Continuamos é a precisar e a aceitar ajuda, apoios, ofertas… tintas, mobília, livros, bibelots… O que acharem que nos possa ficar bem…”

Passem por lá, e tirem as suas conclusões. Fica aqui:

Nós, continuaremos a estar de olhos bem atentos na EIRA, ali na Rua Chã 127, Porto, Sé
E amanhã há mais.

 

sites

Chã das Eiras 

Barrabás

Setembro 8, 2008

KABUKI – CENTRO DE ARTE – Setembro 08

Kabuki – Centro de Arte, comemora o seu 1.º aniversário no próximo dia 13 de Setembro. Se for ao seu site, este, saberá o que ali se passa, e o conceito que está na base das múltiplas acções e eventos ali desenvolvidos.

Vale a pena. Iremos divulgando as suas actvidades.

“Um ano não parece muito tempo; são somente 52 semanas, 365 dias, 8760 horas, num contínuo e obstinado objectivo de tentar gerir este, mais vosso que nosso, centro de arte, a tentar levar até si a mais criteriosa formação e as actividades e espectáculos mais inovadores e experimentalistas. Quase sem apoios, não foi tarefa fácil. Em nome da equipa do Kabuki, o nosso obrigado a todos os que frequentam este centro, pois são vocês a razão do nosso trabalho. Parabéns para nós também!

Nesta noite de festa para qual estão desde já todos convidados, preparámos um programa que é no fundo, uma espécie de espelho daquilo que se passou aqui durante o último ano: um concerto de Timitiminono, um concerto dos Box of Blues e a estreia de um espectáculo de teatro denominado “Cartas de Amor” de Ricardo Bargão.

Tudo com estrada livre!
Para uma noite de aniversário, não se podia pedir mais!”

Em Setembro, dia 13, (e por aí adiante!), não perca uma (ou várias, muitas) idas ao KABUKI. Terá uma maneira calma e introspectiva de iniciar a nova temporada, e de vir conhecer a nova decoração do Kabuki – Centro d’Arte.

Depois do dia 13, e mesmo se lhe for impossível lá ir, ficará na expectativa de ver durante este mês :

EXPOSIÇÃO]
Nuadictos] – Vários artistas]
até 23 SET – Kabuki Galery – Entrada Livre – Segunda a Sábado das 14 às 23 horas

Desenho de modelo vivo é o exercício do desenho da figura humana (corpo humano), na presença de um modelo nas suas várias formas e posições em nudez integral . A execução deste tipo de desenho pode ser de uma forma simples (com carvão, por exemplo), ou mais detalhadamente, usando lápis ou outros tipos de ferramentas de desenho. Branca Cavaco, Filipa Gonçalves, Pedro Aguiar e Pedro Rodrigues desenharam durante meses os actores e bailarinos que costumam trabalhar com o Kabuki, sob a orientação de Carlos Farinha e Gilberto Gaspar. Esta exposição representa o culminar desses meses de investigação.

CONCURSO/MOSTRA]
Arte nos Anjos]


Arte nos Anjos é uma mostra/concurso de artes visuais com periodicidade anual e temática obrigatória, contemplando em anos alternados a modalidade de pintura e a de fotografia. Esta mostra é organizada pelo Kabuki – Centro d’Arte em cooperação com a Junta de Freguesia dos Anjos e pretende ser um incentivo para que os autores emergentes se comecem a inserir no mercado da arte.
Em 2008 a modalidade é pintura e o tema é «Os Anjos em Lisboa». Participa enviando os teus trabalhos até 15 de Setembro.
Info e Regulamentos – Tle 21 099 41 42 Fx 21 093 61 90

AD LIB TRIO]
12 SET– 22h00
Kabuki Café.Concerto
Entrada: 5,00 €


O Ad Lib Trio constitui um cruzamento interessante entre o universo erudito e o da música improvisada associado ao Jazz. O seu repertório tem sido recebido entusiasticamente pelo público, ao contactar com esta particular formação, que reúne Violino, Guitarra e Percussão/Baixo Eléctrico. Os concertos propostos pelo grupo assentam sobre uma visão globalizante da música, na perspectiva de que, embora a globalização produza homogeneidade cultural, produz simultaneamente a consciência da diferença. Surge assim este lugar comum, a migração estilizada de diferentes tipos musicais, cujo resultado se revela esteticamente sugestivo, no sentido da experiência do exótico.

http://www.adlibtrio.com
http://www.myspace.com/adlibtrio
http://adlibtrio2007.hi5.com

Concerto]
SWORDSWING]
19 SET– 22h00
Kabuki Studio
Entrada: 5,00 €


Swordswing. amplificar os autores da lusofonia. Spoken-word? Palavras a gingar… Música. Palavras. Canções? swordswing. jazz, rock, electrónica, pop, house, Berio, Hendrix…em síncopes de palavras, caídas no destino da cadência… swordswing. Ritmo e poesia.

Palavras de Herberto Helder, José Craverinha, Luiza Neto Jorge, Miguel Torga, António Cícero, Álvaro de Campos, anónimos…
António Lopes Gonçalves @ guitarra, programação /João Pedro Costa @ voz, efeitos / Dora Fidalgo @ voz, percussão, palavras / Miguel Costa @ baixo, voz / Zt @ bateria, percussão, electrónica
http://podcast.diporg.com
http://www.myspace.com/swordswing

E para não alongar mais este post”, em breve anunciaremos os cursos a iniciar em Setembro.

KABUKI

KABUKI CENTRO D’ARTE – RUA NEWTON, Nº 10 B (METRO ANJOS) – 1170-276 LISBOA
TELEF. 210994142 FAX 210936190 – GERAL@KABUKI.PT

Setembro 2, 2008

Exposições “Corpo em Mudança” e “Bina Monteiro” – Colorida – Galeria de Arte

“Corpo em Mudança”
Exposição de Fotografia
(Daniela Dinkelmann)

“A linha condutora para os trabalhos de Daniela Dinkelmann é a utilização do corpo como meio de expressão e a utilização da casa como território livre de criação. A utilização sistemática de ambos os torna um organismo vivo, corpo-casa e casa-corpo, difícil de ser separado, sendo um constantemente afectado pelo outro. Por esta razão, necessidade de mudança de espaço causa reflexos e gera reflexões: após desmontagem completa e esvaziamento, resta apenas metade, o corpo sozinho vivenciando novas dificuldades e desafios, como assimilar a ausência, encontrar espaço, ocupar o vazio, expandir limites, remover resíduos, estender movimentos. A mudança física força o abandono do estruturado, precipitando e tensionando o corpo a mover-se e lidar com sua impermanência, sua fragilidade e sua identidade.”

“Bina Monteiro”
Exposição de Artes Plásticas
(Bina Monteiro)

“Em Bina Monteiro, encontramos personagens de muitas histórias que surgem de cantos e recantos e dialogam numa linguagem poética de contemporaneidade popular. Para além do objecto de arte, nos vemos numa narrativa imaginária que brinca livre, leve e solta, desfiando as frestas dos nossos silêncios. São fragmentos guardados e expostos ao tempo, que se revelam e se transformam em factos e casos, e nos arrebatam no tempo de uma memória viva, que pulsa, machuca e acaricia”.

INAUGURAÇÃO: 06 de Setembro pelas 19:00 horas

Patente até 30 de Setembro, de Terça à Sábado, das 13:30h às 19:00h.

Colorida Galeria de Arte


Rua Costa do Castelo 63, Lisboa
Tel 211 512 142

Agosto 29, 2008

Barcelos comemora 80 anos de elevação a Cidade

Barcelos comemora no próximo domingo, 31 de Agosto, 80 anos de elevação a Cidade. O programa comemorativo da Câmara Municipal decorrerá durante todo o fim-de-semana, com música, fogo de artifício e a condecoração de 14 munícipes e 12 instituições do concelho.

A festa inicia amanhã à noite, (30 de Agosto), com o concerto musical “Ondas”, às 22 horas, junto à Igreja Matriz.

À meia-noite em ponto, para assinalar a entrada no Dia da Cidade, terá lugar junto à ponte medieval um grandioso espectáculo piro musical, com o tema “80 anos a construir uma Cidade”.

No domingo, o Dia da Cidade começa com a cerimónia comemorativa dos 80 anos de elevação a Cidade, que terá lugar no auditório dos Paços do Concelho, a partir das 10h30. A ocasião será aproveitada para distinguir aqueles que, ao longo destas oito décadas, se notabilizaram por méritos pessoais ou institucionais, ou mesmo por serviços prestados ao Município.

Domingo à tarde, haverá música na Avenida da Liberdade, no Largo da Porta Nova e no Campo 5 de Outubro.

No domingo à tarde, a festa continua com a animação musical a decorrer na cidade, em três palcos distintos: Campo 5 de Outubro, Avenida da Liberdade e Largo da Porta Nova. Por estes três pontos centrais da cidade, a partir das 14h30, passarão Bombos, Gaiteiros, Concertinas e Cantadores ao Desafio.

Às 15h30, no Largo da Porta Nova, está marcado um grande espectáculo musical com a presença dos grupos: I-pum (bombos), Seixos Albos, (Gaiteiros e Bombos da Galiza-Espanha), Os Braguesas (música tradicional do mundo), Os Amigos da Borga, Victor Rodrigues e os seus Amigos e Cantadores ao desafio, em regime livre.

Também no domingo à tarde, entre as 14h e as 19 horas, a Biblioteca Municipal de Barcelos terá aberta ao público a exposição “80 anos Barcelos Cidade”. Trata-se de uma exposição iconográfica e documental, na qual se mostra em 23 painéis qual a razão da elevação de Barcelos à categoria de cidade e evidenciar os sinais de regozijo manifestados pela população.

A entrada é livre.

Informação da Câmara Municipal de Barcelos

Agosto 28, 2008

NOITES RITUAL – PALÁCIO DE CRISTAL – PORTO

Julho 17, 2008

VERÃO EM TAVIRA!

 É excepcional o conjunto de espectáculos e actividades culturais, e a sua variedade, que têm ocorrido em Tavira, neste quente mês de Julho.

Uma simples lista não é suficiente, mas dará uma ideia do que ainda há para disfrutar, a partir de amanhã, dia 18.

 Dia 18 – Rosa Passos | Fábrica Balsense | 22h30 – Em Tavira apresenta uma colecção das melhores baladas brasileiras, algumas delas celebrizadas por Elis Regina.É uma referência incontornável da música brasileira na actualidade.

Dias 18 a 3 Agosto – Feira do Livro de Tavira | Rua do Cais

Dia 19 – Alunos de Apolo + Orquestra Ligeira | Praça da República | 22h30 – quem não conhece os Alunos de Apolo?

Dia 22 – Tora Tora Big Band | Praça da República | 22h30

Dia 24 – Quinteto La Típica – Argentina | Praça da República | 22h30 – Grupo de Tango constituído por músicos argentinos, formados em Barcelona em 2006.Interpretam um repertório tradicional que suscita a dança, procurando a sonoridade típica do tango, quer através da forma musical, quer da interpretação.

Dia 25 – Uni Tango – Argentina | Praça da República | 22h30

Dias 25 a 27 – I Festival da Ria e outros Mariscos | Junto ao Hotel Vila Galé

Dia 26 – Ute Lemper com O.A. | Fábrica Balsense | 22h30

Dia 26 – XI Comemorações Dia de Santiago | Cine-Teatro António Pinheiro | 22h00

Dia 29 – Polkaholix – Alemanha | Praça da República | 22h30

Refere-se que a exposição de Pedro Cabrita Reis, inaugurada em 5 de Julho, pode ser visitada até ao dia 21 de Setembro.

 

 

ver este site
e este

Câmara Municipal de Tavira – Tel.: 281 320 500

Julho 16, 2008

Festival dos Oceanos – Lisboa

Lisboa e os Oceanos em festa em Agosto

A zona ribeirinha da Capital, entre o Parque das Nações, Belém e o Centro Histórico, é invadida, entre os dias 2 e 16 de Agosto, por ondas de animação e eventos com entrada gratuita. Esta é uma oportunidade para vir a Lisboa aproveitar a múltipla oferta cultural, desportiva, científica e de entretenimento que o Festival dos Oceanos oferece.

Animação e Espectáculos

ANIMAÇÃO DE RUA / 02 a 16 de Agosto / Belém – Praça do Comércio – Parque das Nações / Entrada Livre
As ruas do eixo ribeirinho de Lisboa vão encher-se de animação com o comandante Tápa Tótô e a sua comitiva à descoberta de dados científicos sobre os habitantes desta pitoresca cidade. No seu submarino, o comandante parte à aventura acompanhado pelo imediato e pelo cozinheiro. Mas não vão sozinhos. Nas ruas de Lisboa desembarcam anémonas, uma sereia, um dragão marinho com dois cavaleiros de Neptuno e um polvo, através de uma representação que conjuga as artes circenses, o teatro e a interacção com o público.

OCEAN PARADE / 02 Agosto / 22 horas / Parque das Nações / Entrada Livre
Os 4 elementos, Ar, Terra, Água e Fogo, juntam-se no Parque das Nações para celebrar o Planeta Terra interagindo com o público presente. Ao longo do percurso, entre o Oceanário e o Pavilhão Atlântico, passando pelo Pavilhão do Conhecimento, Casino Lisboa, Pala do Pavilhão de Portugal e Rossio dos Olivais, poderá ainda assistir a diversos espectáculos com som, efeitos pirotécnicos, bailarinos aéreos, música e efeitos especiais.

L’ÚTOPIE / 15 e 16 Agosto / 22 horas / Doca dos Olivais – Parque das Nações / Entrada Livre
A encerrar o Festival dos Oceanos, o espectáculo L’Utopie faz-nos recuar no tempo até à EXPO’98. A Doca dos Olivais transformar-se-á num palco aquático, em que 18 artistas da companhia francesa Ilotopie trazem um Novo Mundo, num espectáculo repleto de elementos cénicos e pirotécnicos, música e efeitos especiais.

REGATA FESTIVAL DOS OCEANOS / 03 Agosto / 12h30 / Belém / Entrada livre
O Rio Tejo é o palco da largada da Regata Festival dos Oceanos, que será acompanhada por um grande desfile de várias dezenas de embarcações da marinha, de recreio e barcos tradicionais. A zona do Padrão dos Descobrimentos vai servir de ponto de partida para quem quiser assistir ao desfile, que encherá o Tejo de cor e movimento, e à largada da prova, que segue para a cidade marroquina de Rabat. A Regata Festival dos Oceanos, com início em Marselha (França), a 19 de Julho, é uma prova internacional que tem Lisboa como cidade anfitriã. Além de uma prova desportiva, a Regata tem como objectivo alertar para os Oceanos e o seu papel no equilíbrio da vida no Planeta.

MERGULHOS PARA A ÁGUA / 07 a 10 Agosto / 11h, 15h, 17h, 19h / Parque das Nações – Entrada Livre
A prova de saltos para a água pode transformar-se num verdadeiro espectáculo. Isso mesmo mostram cinco atletas, dois dos quais olímpicos, especializados em saltos em altura, que vão dar um espectáculo de saltos sincronizados e coreografados de uma altura de 25 metros para uma piscina com 2,7 metros de profundidade, sempre acompanhados de música e muita animação.

PAPAGAIOS / 15 Agosto / Das 10h00m ás 18h00m / Belém / Entrada Livre
Num verdadeiro ambiente familiar, os jardins de Belém vão ser sobrevoados por papagaios gigantes de diversas formas e tamanhos. Além da largada de papagaios, haverá um espectáculo de sincronização de papagaios acrobáticos, com equipas nacionais e internacionais, ao som de música. Haverá ainda mini-cursos onde miúdos e graúdos podem aprender ou aperfeiçoar a técnica de construção e manuseamento de papagaios.

Cultura

MUSEUS À NOITE / 07 e 14 Agosto / até às 00horas / Entrada gratuita
Para um programa diferente com toda a família, cerca de dez museus da zona ribeirinha alargaram o seu horário de funcionamento e preparam diversas surpresas – dança, música, pequenas peças de teatro, visitas guiadas e ateliers – para dinamizar os seus espaços e dar a conhecer o seu espólio.

DAIMONION / 03 e 04 Agosto/ 22 horas / Largo do Teatro S. Carlos / Entrada livre
A companhia Teatro do Mar transporta-nos para um mundo fantástico em representações teatrais que conjugam as acrobacias aéreas, dança, vídeo, música e novas tecnologias. Na Praça Teatro S. Carlos, a companhia de teatro de rua leva à cena a peça Daimonion, num cenário composto por uma estrutura metálica de nove metros de altura, que transporta a assistência ao mito e tragédia de Fausto (da obra de Goethe) num espectáculo único.

NUSQUAM / 13 e 14 Agosto / 22 horas / Parque das Nações – Pala Pavilhão de Portugal / Entrada livre
A mesma companhia leva à cena a peça Nusquam, em que se faz um retrato do homem contemporâneo em busca de si próprio numa sociedade regida por modelos. Este é um espectáculo visual, representado em quatro estruturas cénicas móveis com cerca de sete metros de altura, onde a linguagem teatral se cruza com a dança, a música, a acrobacia aérea e o vídeo.

Concertos

Ethnos – Raízes do Atlântico / 08 Agosto / 22 horas / Miradouro do Adamastor/ Entrada livre
A música não podia faltar para embalar os Oceanos. O Miradouro do Adamastor vai receber Ethnos – Raízes do Atlântico, um projecto original de carácter lusófono que cruza influências de músicos de Cabo Verde, Angola, Brasil, Portugal, Moçambique e Guiné- Bissau. É um encontro entre o grupo Ethnos e os convidados Anabela, cantora e actriz, e o músico António Palma, resulta num trabalho de grande cumplicidade na fusão das mais diferenciadas influências. O espectáculo apresenta temas originais e novas interpretações.

CRAIG DAVID E ZECA BALEIRO / 09 Agosto / 21h30m / Praça do Comércio / Entrada livre
Os fãs de Craig David vão poder vê-lo num concerto na Praça do Comércio, em que a segunda parte estará a cargo do consagrado músico brasileiro Zeca Baleiro. O britânico traz ao público português o seu último trabalho, Trust Me, onde se poderá ouvir músicas como Hot Stuff (com uma breve da música de David Bowie Let’s Dance), 6 Of 1 Thing, Friday Night, She’s On Fire, entre outros. Zeca Baleiro também apresenta o seu último trabalho, a colectânea “Lado Z”, onde reúne participações de outros artistas, como o português Sérgio Godinho. Para encerrar o concerto haverá um espectáculo piro-musical que encherá a Praça do Comércio de luz, cor e movimento.

YOLANDA SOARES / 14 Agosto / 21h45m / Praça de Santos / Entrada livre
Lisboa esteve sempre ligada ao rio Tejo, ao mar e ao Fado. A voz inconfundível de Yolanda Soares transporta-nos para um outro mundo fantástico através de uma fusão surpreendente do fado com o flamengo e napolitanas.

Exposições e Conferências

NATIONAL GEOGRAPHIC [nome da expo] / 02 a 16 Agosto / Das 10h00m ás 18h00m horas / ATL (Entrada pelo Welcome Center) / Entrada gratuita
Para quem gosta de fotografia e é um apaixonado pelas maravilhas que a natureza oferece, a National Geographic traz a Lisboa uma exposição de fotografia única e jovens investigadores distinguidos pelo programa “Exploradores Emergentes” da National Geographic para falarem das pesquisas que têm desenvolvido, nomeadamente em biologia marinha.

CONFERÊNCIA ANO INTERNACIONAL DO PLANETA TERRA / 11 Agosto / 22 horas / Oceanário – Parque das Nações / Entrada livre
No átrio exterior do Oceanário pode assistir-se à Conferência Ano Internacional do Planeta Terra, que reúne especialistas nacionais e internacionais para abordarem temáticas sobre a vida na Terra e as ameaças ao seu equilíbrio. Maria Helena Paiva Henriques, coordenadora nacional do Comité Português para o Ano Internacional do Planeta Terra, sob a égide da Comissão Nacional da UNESCO, e Enric Sala da National Geographic são dois dos oradores confirmados.

POLAR EXPERIENCE / 02 a 16 Agosto / Das 10h ás 19h horas / Parque das Nações / Entrada livre
O espaço Polar Experience remete os visitantes para o ambiente gelado dos pólos Norte e Sul, ao experimentarem temperaturas idênticas às sentidas nestes locais. Com a missão de sensibilizar a sociedade para a importância dos pólos no futuro do planeta, o Polar Experience tem patente uma exposição interactiva que nos leva para um espaço sem fronteiras, um dos últimos redutos intocáveis do planeta, onde o passado e o futuro se encontram e cuja preservação depende o equilíbrio do nosso planeta.

BUS FESTIVAL DOS OCEANOS / 2 a 16 Agosto
Para qualquer informação sobre a programação do Festival, o Bus Festival dos Oceanos irá percorrer diariamente as ruas de Lisboa, entre Belém e o Parque das Nações.

Agenda:

Dia (Agosto) / Evento / Local / Hora

2 – Ocean Parade / Parque das Nações / 22h00m
3 – Desfile de embarcações no Tejo e largada da Regata Festival dos Oceanos / Belém / 12h30
03 e 04 – Teatro Daimonioin / Pr. Teatro S. Carlos / 22h00m
7 – Museus à Noite / Vários museus / 18h- 00h00
07 a 10 – Mergulho para as Águas / Parque das Nações / 11h, 15h, 17h, 19h
8 – Ethnos – Raízes do Atlântico / Miradouro Adamastor / 22h00m
9 – Concerto Craig David / Praça do Comércio / 21h30m
11 – Conferência Ano Internacional do Planeta Terra / Oceanário / 22h00m
12 e 13 – Teatro Nusquam / Pala Pavilhão de Portugal / 22h00m
14 – Museus à Noite / Vários museus / 18h – 00h00
14 – Concerto Yolanda Soares / Praça de Santos / 21h45m
15 – Papagaios / Jardins de Belém / Das 10h ás 18h
15 e 16 – Espectáculo L’Útopie / Doca dos Olivais / 22h00m

Eventos de 02 a 16 Agosto:

Dia (Agosto) / Evento / Locais de passagem / Horas
2 a 16 – Exposição National Geographic / Lisboa Welcome Center / Das 10 h às 18h
2 a 16 – Espaço Polar Experience / Parque das Nações / Das 10h ás 19h
2 – Animação de Rua / Doca do Espanhol e Parque das Nações
3 – Padrão do Descobrimento e Rossio
4 – Gare do Oriente e Rossio
5 – Praça do Comércio e Belém
6 – Jerónimos e Gare do Oriente
7 – Pavilhão Atlântico e CCB
8 – Pavilhão Atlântico e Chiado
9 – Pavilhão Atlântico e Praça do Comércio
10 – Pavilhão Atlântico
11 – Praça do Comércio e Gare do Oriente
12 – Gare do Oriente

www.festivaldosoceanos.com  

Julho 10, 2008

Festival Monsaraz – Museu Aberto com Ana Moura, Ballet Flamenco de Maria Carrasco e Blasted Mechanism

A Bienal Cultural Monsaraz Museu Aberto vai decorrer na vila medieval de Monsaraz entre os dias 12 e 20 de Julho com um programa que pretende abordar o que de melhor se faz na cultura e nas artes do espectáculo, a nível nacional e internacional.

A 18ª edição do Monsaraz Museu Aberto terá a abertura oficial no sábado, dia 12 de Julho, pelas 18:30 horas, com as actuações do Grupo Coral da Freguesia de Monsaraz, Os Ganhões de Castro Verde e os Ceifeiros de Cuba, no jardim da Casa da Universidade.

Em seguida, haverá a visita às exposições e às 20:00 horas será apresentada mais uma edição especial do vinho tinto reserva “Monsaraz Museu Aberto”, da CARMIM – Cooperativa Agrícola de Reguengos de Monsaraz, numa associação entre a arte do vinho e a criação artística.

A Banda Sinfónica da Guarda Nacional Republicana sobe ao palco do Castelo na primeira noite do festival, pelas 22:00 horas, contando com participação nalguns números do Coro Polifónico da Sociedade Filarmónica Harmonia Reguenguense e do Coro Polifónico da Sociedade Filarmónica Corvalense.

No segundo dia, domingo, pelas 18:00 horas, na Igreja de Santiago, decorre a apresentação do livro “As Pinturas Murais da Capela de São João Baptista em Monsaraz (1622), Estudo do Programa Artístico e Iconológico e Fixação de Autoria”, realizado por Vitor Serrão.

A partir das 20:30 horas, no Adro da Igreja Matriz, o Grupo de Danças Medievais “Compassos do Tempo”, de Castro Marim, anima o início de noite.

Segue-se pelas 22:00 horas, no Castelo, o espectáculo de Ballet Flamenco de Maria Carrasco que apresenta Carmen, de Bizet. A companhia de bailado oferece a Monsaraz a sua mais recente produção do clássico de Bizet, numa estreia ibérica que conta com 20 artistas em palco, quatro músicos e 16 bailarinos, entre os quais o famoso Juan de Juan. O espectáculo inclui muitas mudanças de cenário e de vestuário e uma deslumbrante iluminação cénica.

Na segunda-feira, dia 14 de Julho, pelas 19:00 horas, a Igreja de Santiago recebe o Quarteto São Roque, uma formação de música de câmara que tem trabalhado composições dos séculos XVIII, XIX e primeira metade do século XX. A partir das 22:00 horas, o palco do Castelo será preenchido pela Orquestra Planície, formada por 17 elementos e com um repertório actual e diversificado.

O Monsaraz Museu Aberto continua na terça-feira, às 19:00 horas, com o desfile e actuação pelas ruas da vila medieval do Grupo Coral da Casa do Povo de Reguengos de Monsaraz, Grupo Coral de Campinho Gente Nova e Grupo Coral de Perolivas.

À noite, pelas 22:00 horas, no Castelo, haverá um concerto pela Banda da Sociedade Filarmónica Harmonia Reguenguense.

O festival prossegue na quarta-feira com o espectáculo de Mário Moita e os Trovadores do Sul, às 22:00 horas, no Castelo, com interpretações de fado ao piano, fado tradicional e cantares alentejanos. Mário Moita é um artista de Reguengos de Monsaraz que tem levado o fado e a cultura portuguesa a países onde normalmente não se faz sentir a língua de Camões. Neste espectáculo, o início será com fado ao piano, de seguida, Mário Moita será acompanhado por guitarra portuguesa e uma viola de fado, e termina com cantares alentejanos enriquecidos pelo acordeão, cavaquinho e contrabaixo dos Trovadores do Sul.

No dia 17 de Julho, os Adiafa e muitos convidados sobem ao palco do Castelo, pelas 22:00 horas, para apresentarem o espectáculo “Água Vida”. O grupo incluiu no seu último trabalho discográfico uma moda que referencia a importância da água na vida de todos, alertando para que seja preservada e respeitada, como uma riqueza essencial ao ser humano. O tema “Água Vida” é uma fusão entre a dança da chuva dos índios e o cante alentejano, proporcionando uma sonoridade verdadeiramente inovadora e actual que é o mote do espectáculo a apresentar no festival.

Na sexta-feira, às 22:00 horas, o Castelo de Monsaraz recebe a Orquestra de Balalaicas de Helsínquia. Considerada a segunda orquestra de balalaicas mais antiga do mundo, com 98 anos de idade, foi fundada por cidadãos russos residentes em Helsínquia quando a Finlândia era Grão-Ducado da Rússia. Nesta terceira digressão em Portugal, depois dos anos 2004 e 2006, a orquestra traz 25 músicos, é dirigida por Guennadi Glikov e inclui os cantores Heli Jormanainen e Viacheslav Druzhinin. A Orquestra de Balalaicas de Helsínquia vai apresentar no festival instrumentistas de domras, balalaicas, acordeãos, instrumentos de percussão e guitarra portuguesa.

O cante alentejano dos concelhos de Reguengos de Monsaraz e de Mourão vai estar em debate no dia 19 de Julho, pelas 10:00 horas, na Igreja de Santiago. “O Cante e os Grupos… Que futuro?” será o mote para um fórum que vai abordar os apoios, incentivos e as infra-estruturas do cante alentejano, o que une e separa os grupos corais, o papel das escolas básicas do 1º ciclo no ensino do cante e o património cultural municipal.

A noite de sábado no festival Monsaraz Museu Aberto será preenchida pela fadista Ana Moura, que vai subir ao palco do Castelo pelas 22:00 horas. Ana Moura actuou com os Rolling Stones no último concerto desta banda em Portugal e está a viver desde a edição de “Para Além da Saudade” o período mais rico da sua carreira, com a atribuição do Prémio Amália na categoria de Melhor Intérprete e a nomeação para um Globo de Ouro na mesma categoria. Na última semana de Junho, a fadista actuou nos coliseus de Lisboa e do Porto e tem agendado para os próximos meses vários espectáculos em Portugal e no estrangeiro.

No último dia do Monsaraz Museu Aberto haverá a apresentação do Catálogo do Arquivo Histórico-Musical da Sociedade Filarmónica Harmonia Reguenguense, às 18:00 horas, na Igreja de Santiago. Este trabalho, da responsabilidade do musicólogo Rui Vieira Nery e de José Mariz, especialista em arquivos do Instituto dos Arquivos Nacionais Torre do Tombo, permite conhecer várias décadas da história cultural local, agora de forma organizada e estudada.

A música regressa ao Adro da Igreja Matriz, pelas 21:00 horas, com o espectáculo Quarteto em Mim apresenta “Coisas do Tango”.
Composto por quatro músicos de formação clássica (dois violinistas, uma violoncelista e um pianista), o Quarteto em Mim pretende transportar o público para a sensualidade apaixonante do Tango, através da música de Astor Piazzola, da dança, das palavras, luzes e cores que constroem os passos do Tango e envolvem o público na sua poesia traçada pelos sentimentos. O espectáculo vai contar com a participação dos bailarinos Pedro Candeias e Ana Candeias e do acordeonista Ricardo Alves.

A fechar o Monsaraz Museu Aberto, pelas 22:30 horas, o Castelo vai vibrar com os Blasted Mechanism.

O concerto, integrado na segunda parte da digressão do disco “Sound in Light”, o mais recente da banda, funde sonoridades vindas dos quatro cantos do mundo. Com uma imagem bastante forte que vai beber de inspiração a vários elementos universais e que é mutável de disco para disco, os Blasted Mechanism contam já com a edição de vários discos ao longo da sua carreira de 12 anos.

O Monsaraz Museu Aberto terá várias exposições permanentes que poderão ser apreciadas entre as 18:00 horas e as 24:00 horas. Na Torre de Menagem estará patente a exposição “Borboletas”-guaches sobre papel de Alhinho Ferreira, na Igreja de Santiago os visitantes poderão ver “Trabalhos sobre Papel”, de Margarida Lagarto e no edifício da Junta de Freguesia de Monsaraz haverá uma mostra de bordados de Cornélia Cojocaru. A Casa dos Sapos recebe a exposição “Os Porquinhos do Montado”, que reúne um conjunto de porcos em terracota decorados por 25 artistas convidados e na antiga Escola Primária estará patente uma retrospectiva constituída por fotografias, vídeos e projecções do Grupo Cultural e Desportivo da Freguesia de Monsaraz.

site do festival

Gabinete de Informação e Relações Públicas da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz
Carlos Manuel Barão
Tel: 266 508 054

Julho 8, 2008

Galeria das Salgadeiras – Frágil

Filed under: exposições — profestas @ 8:02 pm
Tags: ,

Junho 27, 2008

EZ Special – Feira do Livro de Barcelos

Filed under: festas,livros — profestas @ 1:54 pm
Tags: , , , , ,

A 26.ª edição da Feira do Livro de Barcelos abre hoje ao público, a partir das 21 horas. Na noite de hoje, será possível assistir à comédia de Tozé Martinho, “O meu menino”, enquanto amanhã, a noite será marcada pela actuação dos Ez Special.

“O meu menino” é uma comédia popular que conta a história de Alfredo Graça, um médico que na juventude casou com a sua senhoria, uma senhora de idade avançada. Com a esposa às portas da morte, Alfredo satisfez-lhe o último desejo: perfilhou o seu filho para que não ficasse na terra sem um pai.
Alfredo casa-se novamente mas “esquece-se” de mencionar à sua segunda mulher e aos sogros, o Major Prometeu Batalha e a esposa Paz Guerra, que tinha um filho adoptivo. No primeiro aniversário de casados, prontos a festejar, Alfredo e Irene, com toda a família e amigos, são surpreendidos pela visita do tal filho, mais velho que o próprio “pai” e sedento de amor e carinho.

O espectáculo tem início marcado para as 22h15, na Praceta Francisco Sá Carneiro, altura em que entrarão em palco os actores: Tozé Martinho, Luís Zagalo, Inês Simões, Rita Simões, Florbela Menezes, Daniel Garcia, Fernanda Sargendas e Gonçalo de Bettencourt.

Antes ainda, pelas 21h30, será lançado o livro “Melodia clandestina”, da escritora barcelense Maria Goreti Figueiredo, com apresentação de Salvato Trigo.

Amanhã, dia 28, será inaugurada na Biblioteca Municipal a exposição de pintura e lançado o livro “Passeios Interiores”, de Júlia Fernandes.

À noite, pelas 21h30, regressa o teatro, com “O rapaz de bronze”, encenado pelo CAO – APACI.
A partir das 22 horas, na Praceta Francisco Sá Carneiro decorrerá o 5º Festival Escolar da Canção Juvenil, que contará com a participação especial dos Ez Special. Este ano, participam jovens de 10 estabelecimentos de ensino do concelho.

No domingo, pelas 22 horas, será apresentado um espectáculo de música e poesia dedicado ao certame e intitulado “Feira do livro: 26 anos de história”.

A XXVI Feira do Livro de Barcelos pode ser visitada até 6 de Julho, todos os dias, das 17h às 24 horas, com excepção dos sábados, em que o certame se prolonga até à 1 hora da madrugada.

 

site: Câmara Municipal de Barcelos

Junho 23, 2008

O POVO DAS ESTRELAS – Rotas & Rituais | Exposições e conferências | Cinema São Jorge | Padrão dos Descobrimentos | 24 Junho a 3 Julho

 

Escusado falar nas “Festas de Lisboa”, com as sardinhas, as inefáveis marchas, os casamentos do Santo António, o fado nos eléctricos, o Euro, e outros eventos que ocorreram, e que vão ainda acontecer.
Mas o que destacamos agora é a parte do Povo das Estrelas. Dessa sim, apetece hoje escrever.

É nas histórias que está a nossa riqueza, não nos nossos bolsos (provérbio cigano).

Em Portugal, o Dia Nacional do Cigano é comemorado a 24 de Junho, festa de São João Baptista. O Rotas & Rituais começa neste dia tradicionalmente festejado pelo povo das estrelas. A marcar o início do programa inauguram, amanhã, várias exposições. No Padrão dos Descobrimentos, às 18h00, inaugura a exposição de fotografia de Renato Monteiro – “Ciganos do Sul” – com a presença do fotógrafo. No Cinema São Jorge, às 19h30, inaugura também uma exposição de fotografia de Valter Ventura – “Ciganos na Cidade” – e ainda uma exposição de pintura de vários artistas portugueses.

E tudo acontecerá no cinema São Jorge e no Padrão dos Descobrimentos, de 24 Junho a 3 Julho.

Os Ciganos são, ainda nos dias de hoje, alvo de discriminação em Portugal. Oriundos da Índia e com uma cultura própria que se enraíza numa longa tradição, foram sempre considerados gente de fora e, durante muitos séculos, vítimas de perseguições. Deles reza a literatura, o cinema, a história. Geração após geração, este povo nem sempre tem visto os seus direitos reconhecidos e a sua dignidade respeitada.

É a eles, ao Povo das Estrelas, que é dedicado este Rotas & Rituais, e este, nosso,  “post”.

EXPOSIÇÕES | 24 Junho a 3 Julho | Entrada Livre

 
Exposições de fotografia e pintura, e “Mostra de Trajes Femininos Ciganos”, no Cinema São Jorge.

CINEMA | CICLO DE CINEMA TONY GATLIF | 24 Junho a 28 Junho | 22h00

Entrada: 2,00€ | bilhetes à venda na bilheteira do Cinema São Jorge

“A desconfiança é recíproca. De um lado: “Que faz aqui um fotógrafo?”. Do outro: “Como é que serei acolhido?”. Perguntas cruzadas e mudas a precederem a necessária apresentação: nome, profissão e razão da sua presença ali. E qual é? Obter umas imagens sobre as comunidades ciganas por todo o Alentejo e Algarve. Dito isto, a pergunta inevitável: “Mas para quê?
A resposta: “Para mostrar como vivem”. Renato Monteiro

Tony Gatlif (cujo nome verdadeiro é Michel Dahmani) nasce na Argélia em 1948, filho de mãe cigana e de pai árabe. Tony Gatlif descobre o cinema quando o seu professor compra um projector de 16mm e todas as semanas projecta filmes na aula, de Jean Vigo, John Ford, Chaplin…
Quando chega a França, sem nada, nos anos 60, converte-se num vagabundo e experimenta a delinquência e as correcções juvenis, refugiando-se durante o dia nos cinemas dos Grandes Boulevards para dormir. Em 1975, dirige o seu primeiro filme “La Tete en Ruine”, seguindo-se “La Terre au Ventre” (1978), “Corre Gitano” (1981), “Les Princes” (1982), “Rue Du Depart” (1985), “Pleur Pas My Love” (1988), “Gaspard et Robinson” (1990), “Latcho Drom” (1992), “Mondo” (1995), “Lucumi” –
Documentário (1995), “I Muvrini” – Documentário (1996), “Gadjo Dilo” (1997), “Je
suis né d’une Cigone” (1998), “Vengo” (2000) “Swing”(2002), “Exils” (2004) e
“Transilvana” (2006).

A convite da Egeac e do Instituto Franco Português, o realizador Tony Gatlif estará em Lisboa para apresentar o ciclo de 5 filmes que lhe é dedicado.

24 Junho – LES PRINCES 25 Junho – GADJO DIDLO 26 Junho- TRANSYLVANIA-27 Junho EXILS-28 Junho
LATCHO DROM

CINEMA | A SEVERA de Leitão de Barros, 1931 | 1 Julho | 19h00 | Entrada Livre, limitada ao número de lugares da sala.

“Tenho o destino marcado desde a hora em que te vi
Ó meu cigano adorado, viver abraçada ao fado, morrer abraçada a ti”

Ilustrando os costumes populares e a sociedade de 1848, o filme relata as aventuras do jovem cavaleiro e fidalgo D. João, o Conde de Marialva, dividido entre os amores por uma jovem de sangue azul e o sortilégio da insinuante Severa, cigana a quem a lenda consagrou como fadista desditosa.

E há mais, muito mais.

Há música, com a Orquestra Metropolitana de Lisboa, no dia 29, há a FANFARE CIORCALIA AND QUEENS AND KINGS no dia 1 de Julho, com canções ciganas, KAL (Sérvia) e BRATSCH (França) no dia 2 de Julho, SON DE LA FRONTERA (Espanha) em 3 de Julho, e conferências, exposições, teatro infantil, ateliers…

Deixamos uma pequena amostra.

Vá ao site.

As fotografias aqui publicadas são da autoria de Renato Monteiro.

Junho 2, 2008

Serralves em Festa! 40 horas NON-STOP – 7/8 Junho

“Este é o maior festival de expressão artística contemporânea em Portugal, com uma duração de 40 horas consecutivas e com actividades para todas as idades, para todas as famílias e para a família toda.

ANIMAÇÃO NA BAIXA DO PORTO – 06 e 07 Junho

Na sexta-feira, dia 6 de Junho, começa a Festa nas ruas da Baixa do Porto, com teatro de rua e música.


Les Moutons é o nome do espectáculo apresentado pela Companhia Corpus que promete surpreender todos os transeuntes da Praça D. João I, às 16h00 e novamente às 18h00.

O circuito Avenida dos Aliados, Trindade e Praça D. João I será invadido por um peculiar conjunto de mulheres vestidas de vermelho. As Red Ladies vão agitar a Baixa Portuense às 16h30.

No Sábado, dia 07 de Junho, a F.R.I.C.S. (Fanfarra Recreativa e Improvisada Colher de Sopa) vai encher a Baixa do Porto de música durante toda a manhã.

Das 8h da manhã de sábado, 7 de Junho, até às 24h de Domingo, 8 de Junho, o Parque, o Museu, o Auditório e a Casa de Serralves recebem mais de 80 actividades e mais de 300 artistas, em mais de 200 momentos de apresentação.

Estão representadas as áreas da música, ópera, dança, performance, teatro, novo circo, leitura, cinema, vídeo, fotografia, oficinas, visitas orientadas e exposições”.

Pesquise tudo aqui.

 

Abril 27, 2008

OVIBEJA 25 anos – Parque de Feiras e Exposições – Música

A OVIBEJA, que festeja as suas bodas de prata, está a realizar-se, terminando a 4 de Maio.

Ainda vai a tempo de visitar os seus pavilhões, de assistir a uma grande variedade de acontecimentos e, também, de ouvir ali ao vivo os cantores, os grupos, a tuna, os cantes alentejanos, os dj´s, tudo com a qualidade a que a Ovibeja nos habituou ao longo dos anos.

O horário diário dos pavilhões de exposição é entre 10h00 e as 23h30. A zona dos espectáculos e dos bares continua aberta até as 3h30 da madrugada. As bilheteiras da feira encerram diariamente no período entre as 23h00 e as 00h00, dependendo do nº de visitantes. Após o encerramento destas, não poderão entrar mais visitantes no recinto, mesmo que munidas de bilhete.

O programa musical da OVIBEJA 25 Anos já passou, em parte.

Mas ainda há muito para ver, até ao dia 4 de Maio.

Aqui está um pouco das vozes e dos sons a que poderá assistir.

                                                          Dia 28 de Abril

19h00 – Grupo de Percussão da Banda Filarmónica Lacobrijense – 1º de Maio de Lagos – Stand do INATEL

22h30 – Tunas Académicas e Fados com Edgar Baleizão – Arena Multiusos

23h30 – DJ Andy R + DJ Seven – Arena Multiusos

                                                          Dia 29 de Abril

19h00 – Grupo Coral Feminino “As Margaridas” de Peroguarda – Stand do INATEL

22h30 – Rádio Macau – Arena Multiusos

23h30 – DJ Andy R + DJ Seven – Arena Multiusos

Dia 30 de Abril

19h00 – Grupo de Metais da Banda Filarmónica de Instrução e Recreio Aljustrelense – Stand do INATEL

22h30 – Jorge Palma – Arena Multiusos

23h30 – DJ Andy R + DJ Seven – Arena Multiusos

Dia 1 de Maio

21h30 – Pedro Miranda – Arena Multiusos

22h30 – Pedro Khima – Arena Multiusos

23h30 – DJ Andy R + DJ Seven – Arena Multiusos

Dia 2 de Maio

19h00 – Grupo de Metais da Banda Filarmónica do Lavre – Stand do INATEL

21h30 – Radar- Arena Multiusos

22h30 – David Fonseca – Arena Multiusos

23h30 – DJ Andy R + DJ Seven

Dia 3 de Maio

10h30 – “Cante Alentejano” – Auditório do NERBE

15h00 – Grupo Musical “Sol do Guadiana” – Vidigueira – Palco Exterior ao Pavilhão Institucional

16h00 – Banda da Sociedade Filarmónica Cubense 1º Dezembro

17h00 – Banda Filarmónica da Sociedade Musical Fraternidade Operária Grândolense – Palco Local Exterior ao Pavilhão Institucional

18h00- Banda Filarmónica dos Bombeiros Voluntários de Alvito – Local Palco Exterior ao Pavilhão Institucional

19h00 – Grupo Coral “Amigos do Cante de Alvito” – Local Palco Exterior ao Pavilhão Institucional

19h00 – Manuel Bento – Viola Campaniça – Sand do INATEL

19h30 – Associação de Cante Coral Alentejano do Concelho de Alvito – Local Palco Exterior ao Pavilhão Institucional

20h00 – Grupo Coral Feminino “ As Madrugadeiras” de Alvito – Local Palco Exterior ao Pavilhão Institucional

22h30 – Da Weasel – Arena Multiusos

23h30 – DJ Andy R + DJ Seven – Arena Multiusos

Dia 4 de Maio

16h00 – Grupo de Valsa Mandada de S. Francisco da Serra – Santiago do Cacém – Local Palco Exterior ao Pavilhão Institucional

17h00 – Grupo Coral da Casa do Povo de Cercal do Alentejo – Santiago do Cacém – Local Palco Exterior ao Pavilhão Institucional

 

Mais informações em: http://www.ovibeja.com/

Entrada – 5.00€

Abril 17, 2008

2.º Festival ImigrArte

 

Site no WordPress.com.