Programa de Festas

Março 31, 2010

CONVITE PARA INAUGURAÇÃO – PORTO

Filed under: exposições — profestas @ 8:48 pm
Tags: , , ,

PINTURA | INSTALAÇÃO E PERFORMANCE: “As Palavras Silenciam-se no Silêncio” – Eduarda Costa Ferraz

No antigo Convento de São Domingos, edifício classificado como Património Urbanístico pela UNESCO, localizado no centro do Porto no largo de São Domingos, actualmente designado por Palácio das Artes – Fábrica de Talentos. Cocktail com Porto de Honra (convite válido para 2 pessoas).

SAIBA MAIS EM BESTARTIS.COM – O PORTAL DAS ARTES (clicar) – Exposição patente até dia 7 de Maio.
 
Caso deseje reservar hotel, o portal das artes Bestartis.com tem o apoio do Hotel da Bolsa, localizado no centro do Porto, mesmo ao lado do local da exposição com tarifas especiais para os nossos convidados (60€-single; 70€-double): reservas@hoteldabolsa.com www.hoteldabolsa.com 
Estacionamento: no local em regime de parquímetro e no Parque do Infante (parque subterrâneo por baixo do Jardim do Infante em frente ao Palácio da Bolsa.
 
Bestartis.com – O portal das artes

www.bestartis.com
editorial@bestartis.com (caso necessite informação adicional, contacte a Bestartis

Anúncios

Março 18, 2010

INAUGURAÇÃO – EXPOSIÇÃO DE EDUARDA COSTA FERRAZ

Filed under: pintura — profestas @ 10:53 pm
Tags: , , ,

É com grande prazer que anunciamos o lançamento da exposição de Eduarda Costa Ferraz , conforme nos informa o portal das artes Bestartis.com.

On line a partir de hoje.

A exposição vai estar patente ao público no Palácio das Artes – Fábrica de Talentos no Porto entre 9 de Abril e 7 de Maio, uma organização em parceria com a Fundação da Juventude.

Na inauguração teremos, para além da exposição de pintura, uma performance e instalação da autoria de Eduarda, palestras facultativas, e recepção com um Porto de Honra, uma oferta do Instituto dos Vinhos do Douro e Porto.
Marque já na sua agenda pois irá receber o CONVITE para nos visitar e estar connosco no dia 9 de Abril no Porto pelas 18h30h!
Se não estiver registado, garanta a recepção de convite.

Cerimónia de Entrega de Prémios do Concurso de Fotografia 21 de Março, pelas 17h30 | No âmbito da 15ena da Juventude

Filed under: Uncategorized — profestas @ 9:40 pm
Tags: , ,

A fotografia é a vida vista por nós, por vezes “boa”, por vezes “má”, como tudo o que acontece, porque tudo a que aspiramos não pode ser catalogado.

 Esta exposição pertence a alguém que a fez com alma.

 

 

Abril 22, 2009

FIGURAÇÕES – Exposição na Galeria Colorida

Filed under: exposições — profestas @ 11:02 pm
Tags: , ,

Dezembro 4, 2008

1ª Exposição Colectiva Premium – GALERIA ABERTA

A 1ª Exposição Colectiva Premium Galeria Aberta.com, vai decorrer na Sala Palmela do Hotel Albatroz, Rua Frederico Arouca 100, 2750-353 Cascais, em 8 de Dezembro, (feriado) às 17horas.

É um acontecimento a não perder, numa Galeria em que a “arte é exposta com arte”, como poderá ver, e ouvir os artistas convidados.

Artistas Convidados:

A.Magalhães • Ana Maria Gomes • António Dulcídio • Carla Taveira • Carlos Godinho • Cristiane Campos • Eduardo Patarrão • Francisco Urbano • João Carita • Kim Molinero • Maria da Glória • Maria Tereza • Neide Reche • Nicolau Campos • Pedro Charters d’ Azevedo • Renato Pereira • Ricardo Passos • Rita Samel • Sandra Marques • Sara Vieira • Teresa Robalo

Para mais informações, e melhor conhecer este espaço e os seus participantes, consulte estes sites:

www.galeriaaberta.com
www.theglobalart.com
http://galeriaaberta.blogspot.com
http://galeriaabertaclassificados.blogspot.com

A Galeria Aberta tem por Missão expor gratuitamente, todos os artistas em geral, aumentando a sua presença na web. Porque a Arte é Global, neste sítio poderá expor os seus trabalhos artísticos sem custos. Se já tiver um sítio próprio, então a Galeria Aberta é ideal para o divulgar. Arte exposta com Arte. Veja como aderir. “

Dezembro 2, 2008

Exposição “Alternando Sentimentos” – Galeria Colorida

Exposição “Alternando Sentimentos”

Propositadamente para esta exposição a artista plástica Martha Carvalho produziu um conjunto de treze obras onde o elemento fundamental é a cor e a sua relação com a forma, guiando o olhar do espectador e propondo-lhe sensações. Pinceladas cheias de força e leveza conferem às obras rasgos de suavidade onde a sensibilidade da artista se transluz na riqueza e harmonia cromática.

Patente até 15 de Janeiro de 2009, de Terça à Sábado, das 13:30h às 18:00h

Colorida Galeria de Arte
Rua Costa do Castelo 63, Lisboa
Tel 211 512 142
www.colorida.pt

Novembro 28, 2008

Inauguração Exposição Galeria Municipal de Arte | Júlio Pires | 29 de NOV | Sábado | 16 H

EXPOSIÇÂO – PINTURA

GALERIA MUNICIPAL DE ARTE  – BARREIRO

JÚLIO PIRES DE 29 DE NOVEMBRO A 30 DE DEZEMBRO
Inauguração 29 NOV | 16 horas

A Galeria Municipal de Arte vai acolher, de 29 de Novembro a 30 de Dezembro, uma exposição de trabalhos de pintura de Júlio Pires.

Esta mostra estará aberta ao público de terça-feira a sábado, das 14h00 às 20h00. Encerra domingo, segunda-feira e feriados.

Nascido a 30 de Outubro de 1964, Júlio Pires é natural de Ílhavo. Foi pintor na Fábrica de porcelanas da vista Alegre. Frequentou, em 1987, um curso de desenho e pintura no Grupo ACB, na Fundação Calouste Gulbenkian.

Prémios:

1990 – 2º Prémio -I Salão de Artes Plásticas Illiabum Club
1995 – 1º Prémio D.R.S.C. Concurso de Cartazes
2003 – Prémio Rotary Club de Ílhavo / Sardinhada do Artista
Leme das Artes A.C.D. “Os Ílhavo
2003 – Edição da Serigrafia “Porto de Aveiro”
Ilustração do Livro – “O terceiro Vértice” / Poesias de Domingos Freire Cardoso
2005 – Participação na Churrascada do Artista Rotary Club do Funchal – Madeira

Representações:

2004 – Monumento Comemorativo da Geminação das duas cidades, S. Jones e Ílhavo (dedicado aos pescadores de Ílhavo da pesca do bacalhau.) S’ Jones – Terra Nova – Lavrador – Canada
Embaixada do Canadá em Portugal
Ministério da Defesa da Nacional
Colecções particulares em Portugal e no estrangeiro (EUA, Canadá, França, Espanha, Bélgica, Itália, Grécia, Luxemburgo e Venezuela)
Participou em 34 exposições individuais, 24 colectivas
III Bienal de Arte de Expressão Figurativa de Alenquer – Alenquer
Bienal de Coruche I Salão de Artes Plásticas – Coruche
IV Bienal Internacional de Artes Plásticas Rafael Botí – Córdoba – Espanha
IV Bienal Internacional Fundación Pedro Ferrandiz – Madrid – Espanha
II Bienal de Artistas Ilhavenses – Galeria Municipal de Ílhavo – Ílhavo
Exposição «de encontro ou mais de dentro» – Galeria Optical Art – Gafanha da Nazaré”.
Fonte: http://www.juliopires.com/

Divisão de Cultura e Património Histórico e Museológico
Auditório Municipal Augusto Cabrita
Av. Escola de Fuzileiros Navais – Parque da Cidade
2830-150 Barreiro
T: 212147400
Fax: 212147401
cultura@cm-barreiro.pt

Novembro 21, 2008

TERRORISTAS – de Carlos Afonso Pereira, na 3+1 ARTE CONTEMPORÂNEA

TERRORISTAS

de Carlos Afonso Pereira
de 3 a 13 de Dezembro
na 3+1 ARTE CONTEMPORÂNEA
3ª a Sábado das 12h30 – 20h00
(performance sem horário definido)

“A ideia surgiu há cerca de um ano, enquanto vagueava sozinho pelas ruas de Zagreb e os meus pensamentos deambulavam sobre a solidão.
Quando era mais novo pensava que se ficasse sozinho no mundo, sobreviveria. Agora que olho para trás parece quase uma premonição.
Por momentos, imaginei-me um bombista suicida. Pensei na dor que me infligiram. Pensei na dor que infligi. Pensei em terrorismo. Pensei nas pequenas bombas que são postas diariamente no nosso caminho.
Já alguém te magoou ao ponto de lhe poderes chamar terrorista? Já magoaste alguém ao ponto de te poderem chamar terrorista?” Carlos Afonso Pereira

“Terrorismo é um método que consiste no uso de violência, física ou psicológica, por indivíduos, ou grupos políticos, contra a ordem estabelecida através de um ataque a um governo ou à população que o legitimou, de modo a que os estragos psicológicos ultrapassem largamente o círculo das vítimas e inclua o resto do território.”
Nota: Segundo um estudo do Exército dos Estados Unidos da América de 1988 existe uma centena de definições da palavra Terrorismo.

“Como é que me podes julgar se não viveste a vida que eu vivi?”

A construção deste trabalho assenta nestas premissas, a inventariação e a imprevisibilidade das antigas e novas dimensões de terrorismo na sociedade contemporânea.
Carlos Afonso Pereira parte de testemunhos (recolhidos na internet, livros, documentários, imprensa, teatro, música, cinema) de terroristas, ex-terroristas, vítimas de terroristas, percorrendo o mundo desde o Uganda, Irlanda, Iraque, Palestina, Israel, Paquistão, Portugal, Espanha, abordando a dimensão mais comum de terrorismo e questionando a visão mais óbvia de terrorismo que temos no mundo actual.
Muito mais do que respostas, TERRORISTAS levanta questões sobre a condição humana.

A certa altura, numa entrevista, um psicólogo afirma que a diferença entre “nós” e os “terroristas” é muito pequena. Será?

Carlos Afonso Pereira procura ir de encontro a uma dimensão mais individualizada e pessoal a que poderíamos chamar de terrorismo íntimo.
Desde Novembro de 2007 tem procurado documentar essa dimensão através de diversas fontes, desde jornais, relatos pessoais que tem recebido por e-mail, entre outros, percebendo quão fácil é passar de terrorista a vítima, de agressor a agredido e vice-versa.
Este trabalho começou por ter um caracter vincadamente performativo. Durante o processo de criação, Carlos Afonso Pereira apercebeu-se que aquilo que pretendia ser um espectáculo, assentava na fusão destas duas dimensões de terrorismo e que seriam unidas pelo elemento voz/corpo/espaço. Como se todas estas dimensões de terrorismo se reconduzisse a uma só, o terrorismo como imanência humana por excelência. O espaço esse não se poderia limitar ao momento do espectáculo, pelo que o corpo, enquanto personificação de uma ideia deixou também ele de fazer sentido.

Assim nasceu a ideia de encenar uma exposição. Um pouco no seguimento de “Fausto Morreu” (2005) no qual encenou um texto projectado em 4 ecrãs, levando o espectador a ler o texto com os tempos que lhe quis dar, toldando-lhe a percepção do espectáculo, incutindo-lhe a sua dramaturgia (a morte da linguagem), com TERRORISTAS pretende encenar um texto como imagem fixa, sendo a presença física de um actor, naquilo que poderia ter sido somente uma performance, um eventual complemento.

Na continuação de uma linha de trabalho que apela ao espectador por uma participação activa na criação e na diluição das fronteiras entre criador/actor/espectador, com TERRORISTAS Carlos Afonso Pereira gostaria que os espectadores questionassem o objecto artístico e a possibilidade de uma dialéctica entre as artes performativas e as artes plásticas, alargando as dimensões e percepções possíveis do espectáculo teatral/performático.

Criação – Carlos Afonso Pereira
Assistência Artística – Pedro Silva e Joaquim René
Co-produção –  Metamorfose. & 3+1 ARTE CONTEMPORÂNEA

http://terroristasteatro.blogspot.com/
http://metamorfoseonline.com/

3+1 ARTE CONTEMPORÂNEA
Rua António Maria Cardoso, 31 | 1200-026 Lisboa
http://www.3m1arte.com/

Carlos Afonso Pereira nasceu em 1971. Depois de um percurso variado como actor, sentiu a necessidade de projectar as suas inquietações criativas através da encenação.
Escolhe David Hare como autor de eleição e encena em 2002 The Blue Room, resultado da adaptação da peça Reigen (mais conhecida pelo seu título francês La Ronde) de Arthur Schnitzler, a que se segue em 2003, Via Dolorosa do mesmo autor, uma análise na primeira pessoa, de um conflito que parece eternizar-se. Foi a sua primeira abordagem ao teatro político.
Em 2004, continuando um trabalho de divulgação da obra de David Hare, encena My Zinc Bed, uma peça que aborda a natureza das dependências humanas.
Com Fausto Morreu de Mark Ravenhill, 2005, inicia um ciclo de trabalhos que pretende desenvolver sobre a dramaturgia deste autor. A este seguiu-se em 2006 uma versão de Shopping and Fucking.
Em 2007 encenou, a partir do texto de David Hare The Permanent Way, um manifesto político sobre o poder do cidadão, a que chamou um Estado permanente.
Carlos Afonso Pereira pretende reflectir as suas obsessões numa dramaturgia que analisa de forma crítica as convenções humanas, sociais e políticas.
Em 2004, a sua lógica dramaturgica, a pesquisa e experimentação valeram-lhe os Prémios de Execução e Reposição O Teatro na Década, pelas encenações de My Zinc Bed e Via Dolorosa (respectivamente).

Novembro 19, 2008

EXPOSIÇÃO de FOTOGRAFIA “Vidas Todos Os Dias” no BARREIRO | 22-Novembro » 28-Dezembro | Auditório Municipal Augusto Cabrita

Câmara Municipal do Barreiro

Novembro 17, 2008

Exposição Caprichos e Desastres – João Abel Manta – Museu Bordalo Pinheiro

No próximo dia 18 de Novembro, inaugura na Galeria do Museu Bordalo Pinheiro, em Lisboa, a exposição “Caprichos e Desastres” de João Abel Manta.

 Esta mostra produzida pelo Museu Bordalo Pinheiro/CML apresenta uma selecção de parte da colecção oferecida pelo artista à CML em 1992, aquando da retrospectiva da sua obra gráfica organizada neste mesmo Museu. A recente consagração nacional de João Abel Manta com o prémio Stuart de Carvalhais é o momento indicado para revisitarmos a colecção, para permitir um reencontro com o público e para permitir às novas gerações a descoberta desta figura incontornável das artes plásticas portuguesas que é João Abel Manta

As obras em exposição, mais de 90, situam-se no período de 1960 a 1980, e estão divididas por temáticas diversas, como o Portugal Pitoresco I e II, o Portugal Assombrado ou ainda a Palavra e a Figura.

Comissariado: João Paulo Cotrim

sites: Câmara Municipal de Lisboa

         Museu Bordalo Pinheiro

 No ano em que o mestre perfaz 80 anos de vida e 60 que foi preso pela PIDE.

Inauguração: 18 de Novembro às 19h

Galeria do Museu Rafael Bordalo Pinheiro:
Campo Grande, 382 – Lisboa

Exposição patente até 18 de Janeiro de 2009

Horário
Terça-feira a Domingo, das 10h às 18h
Encerra à segunda-feira e feriados

Entrada Gratuita

Novembro 7, 2008

“Parágrafos em Azul Douro” – Exposição

A Galeria Municipal de Arte de Barcelos abre amanhã, dia 8, pelas 17 horas, a exposição de pintura “Parágrafos em Azul Douro”.

 Da autoria de Isabel Saraiva, a mostra estará patente durante um mês, com entrada livre.

Apaixonada pela sua cidade natal, a artista Isabel Saraiva centra no Porto grande parte da sua produção artística. Neste caso, apresenta aspectos do Douro, numa exposição, em tons de azul.
A exposição “Parágrafos em Azul Douro” poderá ser visitada até ao dia 8 de Dezembro, de terça-feira a domingo, entre as 14h e as 18 horas.

A entrada é livre.

Com esta mostra encerra o ciclo de exposições de 2008 da Galeria Municipal de Arte de Barcelos. Durante este ano, a Empresa Municipal de Educação e Cultura abriu as portas a nove exposições. Por aquele espaço cultural passaram, durante o presente ano, três exposições.

 

Informação da Câmara Municipal de Barcelos

Novembro 4, 2008

A Aventura Espacial no Centro de Ciência Viva da Amadora – Exposição

Uma viagem pelo espaço, guiada por jogos, painéis interactivos, filmes e a recriação do interior de uma nave, é a proposta da exposição “A Aventura Espacial”, inaugurada no Centro de Ciência Viva da Amadora.

Fruto de uma parceria de nível nacional, que juntou o Centro e vários investigadores de instituições de ensino, a apresentação destina-se a “astronautas” de todas as idades, embora tenha sido concebida essencialmente para os mais novos.

“A maior parte dos módulos tem leituras curriculares, é passível de ser explorada pelos professores ou nas visitas guiadas pelos elementos da área educativa, em actividades que têm ligação ao currículo do primeiro, segundo e terceiro ciclos e do ensino secundário”, explicou João Carlos Sousa, da coordenação educativa do Centro de Ciência Viva.

De acordo com o responsável, o objectivo da exposição é convidar os visitantes a “fazer a sua própria viagem no espaço” através de quatro módulos, o primeiro dos quais descreve o Universo tal como é hoje conhecido pela comunidade científica.

As belezas e os perigos do ambiente espacial e algumas das tecnologias utilizadas na sua exploração preenchem o segundo módulo, onde é possível tirar uma fotografia vestindo um fato espacial, enquanto a terceira área mostra como os astronautas da Estação Espacial Internacional realizam experiências científicas e resolvem as questões básicas do dia-a-dia, como tomar banho, comer ou dormir.

No último espaço, os visitantes “regressam à Terra” e ganham a noção de que muitos objectos utilizados na vida quotidiana – solas de ténis, telemóveis, sistemas GPS, berbequins sem fios, ‘pacemakers’, entre outros – resultam da experiência humana fora da Terra.

A mostra fica completa com a colaboração dos próprios participantes, que podem deixar textos, desenhos ou outros trabalhos. Segundo João Carlos Sousa, a exposição estará patente durante cerca de dois anos, o mesmo período que demorou a ser preparada.

Presentes na inauguração estiveram o presidente da Câmara da Amadora, Joaquim Raposo, e o secretário de Estado da Ciência, Manuel Heitor, que partilhou o seu “grande entusiasmo” por ver os resultados de uma “excelente colaboração” de âmbito nacional.

Manuel Heitor espera que a iniciativa da Amadora possa vir a beneficiar também outros elementos da Rede Nacional de Centros Ciência Viva, gerida pelo Pavilhão do Conhecimento.

Centro de Ciência Viva da Amadora
Rua Gonçalves Ramos, 54 B – Venteira

Horário:
3.ª a 6.ª feira, das 10.00h às 13.00h e das 14.00h às 18.00h
Sábado, domingo e feriados, das 11.00h às 13.00h e das 14.00h às 19.00h

 

Site: Ciência Hoje

Outubro 29, 2008

Exposição de pintura de António Flores

Filed under: exposições,pintura — profestas @ 7:05 pm
Tags: , , ,

A partir de 2 até 30 de Novembro, poderá ver na Galeria Matos Ferreira, em Lisboa, a exposição de pintura do artista plástico António Flores, com o seguinte horário:

Terça-feira a sábado, das 19.00 às 02.00

Domingos e feriados das 17.00 às 20.00 horas

O artista estará presente na Galeria, no dia 2 de Novembro, entre as 17 e as 21 horas.

As pinturas aqui reproduzidas levam a concluir, na nossa opinião – é claro – tratar-se de um trabalho de alta qualidade.

Galeria Matos Ferreira R. Luz Soriano, 18 1200-247 Lisboa Tef. 213230011- Bairro Alto

Mapa : http://maps.google.com/maps/ms?ie=UTF8&hl=pt-PT&msa=0&msid=107044440742104237520.000458a9f78cff5037475&ll=38.710454,-9.14364&spn=0.003893,0.006866&z=17

Visite o blog do autor

e ainda este site.

Outubro 25, 2008

Exposição ” A 4 Mãos ” – Colorida, Galeria de Arte

 

A 4 Mãos

Exposição de Fotografia e Ilustração

(Ricardo Junqueira & Andréa Ebert)

A ideia da mostra “A 4 Mãos” surgiu de um ensaio realizado em 2005 pelo fotógrafo Ricardo Junqueira sobre o Rio Grande do Norte, no Brasil. Este trabalho estimulou a Ilustradora Andréa Ebert a desenhar sobre as imagens. Figuras humanas foram complementando a paisagem e como num jogo, as imagens brincam com o nosso imaginário. O relacionamento do ser humano com o mundo foi a linha condutora nas intervenções sobre as imagens.

INAUGURAÇÃO: 25 de Outubro pelas 19:00 horas

Patente até 29 de Novembro, de Terça à Sábado, das 13:30h às 19:00h.

Colorida Galeria de Arte
Rua Costa do Castelo 63, Lisboa
Tel 211 512 142
http://www.colorida.pt/

Outubro 21, 2008

“CASAS DE UM TEMPO” – EXPOSIÇÃO DE FOTOGRAFIA, PINTURA E DESENHO

A MAPA, Associação Cultural, em colaboração com a Faculdade de Medicina Dentária de Lisboa, promove a inauguração da Exposição de Rita Seijo Gante e Emanuel Vieira Afonso.

“Casas de um Tempo”, assim se denomina a exposição, com trabalhos de dois artistas de mérito.

A inauguração será no Auditório da Faculdade de Medicina Dentária, em Lisboa, é já na próxima quinta-feira, 23 de Outubro de 2008, das 18h30 às 22h00.

Teremos a guitarra de João Paulo Oliveira e será servido um beberete.

Não falte! Esperamos por si!

 

Outubro 8, 2008

COLORIDA – Galeria de Arte – “Percursos”

Outubro 6, 2008

5ª Edição – Diversidade na Cidade

Filed under: programações — profestas @ 12:31 am
Tags: , , , ,

De 1 a 15 de Outubro a Rede Ex-Aequo apresenta “diversidade na cidade“, um evento direccionado para o pânorama LGBT nacional que se realizará na cidade de Aveiro.

O evento tem como objectivo a sensibilização da população no que concerne a questões de discriminação, cidadania e direitos humanos. Para efectivar os objectivos propostos, a organização irá recorrer à educação sobre a temática LGBT da população interessada.

Esta edição terá um ciclo de cinema LGBT, uma exposição comemorativa dos primeiros cinco anos de existência do grupo Ex-Aequo de Aveiro e uma tertúlia com elementos do GRIT – Grupo de Reflexão e Intervenção sobre Transexualidade da Associação ILGA Portugal.

                                                            Programa

1 a 15 de Outubro
Exposição – 5 anos em rede

3 de Outubro (Sexta)
22h – Dangerous Living: Coming Out in the Developing World [Filme GL]

4 de Outubro (Sábado)
15h – Tertúlia T
18h Ma Vie en Rose [Filme T]
21h – Jantar convívio

10 de Outubro (Sexta)
22h – Juste Une Question D’Amour [Filme G]

11 de Outubro (Sábado)
15h – Passeio por Aveiro
18h – A Mi Madre le Gustan las Mujeres [Filme L]
21h – Jantar convívio

Local: Mercado Negro

Entrada gratuita

Setembro 30, 2008

Desenho e Pintura de Pi Osório – Galeria de Arte de Barcelos

Filed under: exposições — profestas @ 12:32 am
Tags: , , , ,

Até 6 de Outubro, a Galeria Municipal de Arte de Barcelos tem patente ao público uma exposição de desenho e pintura de Pi Osório.

Trata-se de uma retrospectiva da obra desta artista portuense, com entrada livre.

Fascinada pelas expressões faciais, a pintora apresenta nesta mostra uma série de rostos “feitos por puro gozo de liberdade”, que a distinguem e caracterizam enquanto artista. A mulher e a condição feminina são as temáticas que mais sobressaem no conjunto da exposição.

No total, são 36 os trabalhos em exposição, realizados em acrílico sobre tela, cartão e papel, óleo e carvão.

A mostra pode ser visitada até 6 de Outubro, de terça-feira a domingo, entre as 14h e as 18 horas, na Galeria Municipal de Arte de Barcelos, sita na Praceta Francisco Sá Carneiro (junto ao Tribunal).

 

Site: Câmara Municipal de Barcelos

Setembro 24, 2008

Noites do T.I.O. Café Concerto – SEXTA 26 NOVO ESPAÇO OEIRAS

Esta sexta-feira, dia 26, o Novo Espaço recebe a primeira edição das Noites do T.I.O., uma noite de café-concerto e tertúlia com que celebramos a chegada do Outono, num ambiente acolhedor e descontraído.

O programa inclui um concerto de jazz pelo Xico Zé Jazz Ensemble, composto por Xico Zé – Baixo | Emílio Robalo – Piano | João Pinheiro – Bateria.
Um trio que faz do jazz uma fusão de sons e percorre latitudes musicais diversificadas.
A banda promete a presença de convidados especiais num ambiente sonoro de alta intensidade.

A Mapa-Associação Cultural co-produtora do evento, expõe obras de pintura, fotografia e escultura de Carmo Romão, Tiago Serpa, Neuza Faustino, Pedro J Martins, Hugo Travanca, Filomena Trigueiros e Helena Calvet.

A comédia stand-up será outro dos pratos fortes do evento:

Filipe d’Aviz, actor revelação do T.I.O. e também autor de textos de humor para rádio e televisão será o anfitrião, abrindo caminho para Guilherme Fonseca, comediante de créditos firmados, com passagem pela TV (Sempre em pé – RTP) e autor do blog ramboia, sendo que a sua especialidade em stand up comedy é um refogado de observação, com sarcasmo e ironia q.b., ao qual acrescenta uma pitada de non-sense.
O jovem Pedro Baptista, promissor comediante de Setúbal, completa o trio de ataque à comédia.

A atmosfera sonora está a cargo de dois djs: Snowman irá envolver-nos em groovie tunes from around the world , enquanto Mr Jazz recorre aos clássicos em midnight jazz moods.

Numa noite de tertúlia artística há, ainda, lugar ao improviso com poesia musicada pela banda ITM (inside the mojo) que sábado passado actuou no Novo Espaço.

http://www.teatrodeoeiras.com/           http://novoespacotio.blogspot.com/          

 http://www.myspace.com/novoespaco_tio

  http://tio-workshops.blogspot.com/

Setembro 23, 2008

PARA A INTERNIDADE … Ana Bezelga

Trata-se de uma exposição de Ana Bezelga, de 25 de SETEMBRO a 24 de OUTUBRO na NOVA LIVRARIA FRANCESA do INSTITUTO FRANCO-PORTUGUÊS – Avenida Luís Bívar, 91, em Lisboa.

A inauguração é em 25 de Setembro às 18h00.

Para a Internidade, um projecto pensado como uma exposição colectiva faseada no tempo, prossegue com a proposta de Ana Bezelga. Uma instalação vídeo criada especificamente para a Nouvelle Librairie Française.

A exposição ficará patente até dia 24 de Outubro e pode ser visitada de 2ª a 6ª das 10h30 às 19h30 e aos sábados das 10h30 às 12h30.

Para a Internidade…(projecto comissariado por Catarina Marto)

Ana Bezelga (Lisboa, 1979) vive e trabalha em Lisboa e Malmö. Estudou cinema na Escola Superior de Teatro e Cinema, frequentou a Escola de Artes Visuaus – Maumaus e encontra-se actualmente a realizar o mestrado em artes visuais na Malmö Art Academy, na Suécia. Partindo do vídeo tem vindo a explorar outros meios de expressão, sempre com uma elevada exigência formal. A arquitectura e um certo universo pop são temas recorrentes.

Participa em exposições/screenings desde 2003, entre as quais: “Intransit”, Galeria Monumental em Lisboa; “Projectraum-The Art of Critical Thinkingand Transmuting Experience: film and vídeo”, Innsbruck, 2004; “A Arquitectura como Qualquer Coisa de Provisório”, na Alta de Lisboa, 2005; AC#DV#3 na Galeria Arte Contempo, 2006; “Limited Access”, Galeria Azad Art, Teerão; “Voyage Voyage” na Plataforma Revólver 2007; “Triumph of the Surface”, Transit Space em Londres, 2008; Yearlyshow, Malmö Art Academy em 2007 e em 2008 e “International Roaming” Bienal of Teheran, Istambul 2008.

Para a Internidade…

Ana Bezelga

Inauguração 25 de Setembro, 18h
25 de Setembro – 24 de Outubro
de 2ª a 6ª das 10h30 às 19h30
Sáb. das 10h30 às 12h30

site: IFP

Página seguinte »

Create a free website or blog at WordPress.com.