Programa de Festas

Outubro 13, 2008

Moscow Piano Quartet – A Insustentável Leveza do Ser

No dia 18 de Outubro, no Cine-Teatro de Alcobaça, poderá assistir a um concerto do Moscow Piano Quartet (Quarteto com Piano de Moscovo, MPQ), criado em Moscovo 1989 pelo pianista Alexei Eremine e pelo violoncelista Guenrikh Elessine. É uma das mais destacadas formações de música de câmara residentes em Portugal.

Neste concerto, o Quarteto musica o filme «A Insustentável Leveza do Ser», de Philip Kaufman (1988), que poderá ver a seguir.

MOSCOW PIANO QUARTET – Sábado|18h
Grande Auditório do Cine-Teatro – concerto

Nos 40 anos da «Primavera de Praga»
Nos 80 anos da morte de Leos Janacék
Banda sonora do filme*:
«A Insustentável Leveza do Ser» de Philip Kaufman (1988)
Com a participação da actriz IRENE CRUZ

A INSUSTENTÁVEL LEVEZA DO SER – filme

Depois, será exibido o filme “A Insustentável Leveza do Ser”, às 21h30.

Nos anos 60 em Praga, Tchecoslováquia, Tomas (Daniel Day-Lewis), um médico totalmente apolítico, tem como hobby ter diversas parceiras sexuais, mas evitando sempre um maior envolvimento. Mas duas mulheres: Sabina (Lena Olin), uma artista plástica, e Tereza (Juliette Binoche), uma garçonete que sonha em ser fotógrafa, vão estar muito presentes na vida dele. Mas ao serem atingidos pelos acontecimentos de 1968, conhecido como “A Primavera de Praga”, quando tanques soviéticos invadiram a capital tcheca para pôr fim a uma série de protestos, a vida deste triângulo amoroso é afetada, pois seus sonhos foram destruídos e suas vidas mudariam para sempre.
Adaptado do romance de Milan Kundera de 1984.

De: Philip Kaufman
Título original: The Unbearable Lightness Of Be
Com: Daniel Day-Lewis, Juliette Binoche, Lena Olin,
Derek De Lint, Erland Josephson
Categoria: Drama / Romance
Duração: 160 min.
EUA | 1988
M/16


Preço: 3€
Inserido no concerto do MOSCOW PIANO QUARTET às 18h00.
Entrada livre a portadores do bilhete do concerto.

Bilhetes à venda aqui.

Outubro 6, 2008

LISA EKDAHL em Portugal

Filed under: jazz — profestas @ 12:08 am
Tags: , , , ,

 

site: All That Jazz

Julho 13, 2008

“Playtime” de Jacques Tati – em Alcobaça

Filed under: cinema — profestas @ 8:20 pm
Tags: , , ,

Jacques Tati está de regresso ao Cine-Teatro de Alcobaça para mais uma sessão do ciclo “Modernos são os Clássicos”. Na próxima terça-feira, dia 15 de Julho, a proposta é para ver, ou rever, “Playtime”, o filme datado de 1967 que seria o mais ambicioso e dispendioso da carreira do realizador francês.

Recuando à era das linha aéreas económicas, Tati retrata um grupo de turistas americanas que participam numa viagem organizada em que o programa contempla a visita de uma capital por dia. Apressadas, as turistas vão repetindo dias em que, sem qualquer sensibilidade ao que as rodeia, vêem tudo a correr, sempre em fila indiana, sem ter sequer tempo para tirar fotografias dos locais por onde passam.

Mas algo de estranho acontece quando chegam a Paris pois as turistas apercebem-se que o aeroporto é exactamente igual àquele de onde partiram de Roma, que as ruas são como as de Hamburgo e que os candeeiros se parecem estranhamente aos de Nova Iorque. A pouco e pouco, nesta Paris homogeneizada que se vê apenas pelos reflexos fugidios em portas e janelas, o grupo de norte-americanas vai encontrando franceses, entre eles o Sr. Hulot, personagem central de grande parte das produções de Jacques Tati.

Na moderna Paris da década de 60, Tati explora os sentimentos e as emoções, através de um pequeno calor humano que se instala nas 24 horas que as turistas passam na cidade. Para o filme que o levou à falência, Tati construiu praticamente uma cidade, com restaurantes, farmácias, prédios e até um aeroporto.

Esta cidade imaginária vai passar pela tela do grande auditório do Cine-Teatro de Alcobaça às 14h30, com bilhetes a um euro, e às 21h30, com bilhetes a dois euros. Esta é a última exibição de Jacques Tati no âmbito do ciclo de cinema que desde o início do ano recupera alguns dos melhores filmes clássicos. Em Agosto, o ciclo vai de férias, regressando em Setembro, com Federico Fellini.

14h30 e 21h30 – 2€

texto da Gazeta das Caldas

Abril 16, 2008

Chico César e Paulinho Moska

O Teatro São Luiz recebe o magnífico encontro de dois dos mais talentosos compositores e intérpretes da nova geração da música brasileira: Chico César e Paulinho Moska.

De origens geográficas diferentes e experiências de vida distintas, Chico César e Paulinho Moska são exemplos da diversidade e riqueza musicais do Brasil. Fruto de uma longa colaboração e de uma admiração mútua, o espectáculo que apresentam em Lisboa reflecte a extraordinária cumplicidade e a imensa afinidade entre ambos.

É um espectáculo inserido no Ciclo Outras Lisboas, por ocasião do Ano Europeu do Diálogo Intercultural.

Dia 28 de Abril de 2008 – Teatro Municipal São Luiz – Lisboa – 21h00

Entretanto, sabe-se que farão mais dois espectáculos:

– 26 de Abril, na Casa das Artes, em Famalicão

-30 de Abril no Cine-Teatro de Alcobaça

Create a free website or blog at WordPress.com.