Programa de Festas

Julho 19, 2008

Kings of Convenience na Casa da Música

Os escandinavos Kings of Convenience vão passar, de novo, por Portugal. Desta vez, o grupo tem agendado um concerto para a Casa da Música, no Porto, para 22 de Julho. Às 22:00, na Sala Suggia, por 30 euros.

Duas guitarras acústicas, duas vozes delicadas, melodias doces e letras suculentas parecem ser os ingredientes simples que levam à complexa composição da dupla norueguesa Kings of Convenience. Agora complexa nunca é a experiência de ouvir Erlend Oye e Eirik Glambek. Com as experiências de Quiet is the New Loud e Riot on an Empty Street garantem um perfeito espectáculo aos amantes de indie-folk mas, acima de tudo, aos amantes de música para ficar de cabeça tombada e olhos brilhantes.

Num texto da Blitz, “Erik Glambek Bøe e Erlend Øye podem ser dois nomes pouco virados para a fama, mas quando juntos se apelidam de Kings of Convenience a coisa muda de figura – e de que maneira. Eles são os dois senhores noruegueses responsáveis pela beleza conseguida em Quiet Is The New Loud e em Riot On An Empty Street, duas colecções de canções simples mas altamente viciantes. Ninguém diria que um duo destes, autor de canções tão calorosas e confortáveis, fortemente e assumidamente inspirado pela dupla Paul Simon e Art Garfunkel, pudesse vir da Noruega, terra dos fiordes, mas a verdade é que veio mesmo – sem restrições.

As canções de Erik Glambek Bøe e Erlend Øye poderiam ser útil agasalho para os dias de frio, não fosse o concerto em Portugal acontecer em pleno Verão: depois de uma passagem por Portugal há alguns anos, os Kings of Convenience estão de regresso para um concertos@optimus na Casa da Música, no Porto, no dia 22 de Julho. Sendo assim, será o calor de Portugal a receber as canções dos Kings of Convenience, numa noite em que se celebrará com toda a certeza a beleza das coisas simples e, que conveniente, a simplicidade das coisas belas”

Dia 22 de Julho, Casa da Música no Porto

Dia 24 de Julho, CoolJazzFest, Lisboa

Junho 16, 2008

Noites Indie – Santiago Alquimista – 21 de Junho

A 21 de Junho, às 22h00, no SANTIAGO ALQUIMISTA, mais umas Noites Indie com um concerto, djs, vjs e uma exposição de artes plásticas.

CONCERTO – 23H
YOU SHOULD GO AHEAD – LANÇAMENTO DO ÁLBUM “EMOTIONAL COCKTAIL”

DJs
NEW SONIC (R)EVOLUTION – INDIE ROCK / NEW RAVE / ALTERNATIVE ROCK

VISUALS – MARTA MACHADO

EXPOSIÇÃO – 22H – ARTES PLÁSTICAS “INDIE ARTE”

ENTRADA:
5 €

ver mais em: projecto marginal

 

 

Abril 17, 2008

WALTER BENJAMIN – ESAD

Filed under: electrónica,folk,indie — profestas @ 8:09 pm
Tags: , , , ,

 

Abril 7, 2008

Million Dollar Lips – Agenda para esta semana

million dollar lips

 Os Million Dollar Lips vão actuar na próxima sexta-feira, dia 11, no Chico Lobo, em Leiria, e no sábado, dia 12, no Maus Hábitos, no Porto.

Vão vê-los e ouvi-los porque vale a pena.

1º Aniversário dos The Profilers – Santiago Alquimista

the profilers

SANTIAGO ALQUIMISTA
apresenta

THE PROFILERS + VESPA GANG MOD CLUB
DIA 11 ABRIL, SEXTA-FEIRA

Passou menos de um ano e mais de 40 concertos, desde que The Profilers decidiram libertar os seus alter-egos e começar a compor despreocupadamente canções originais. San, Mr.Big, Fat Franco, Mr. Night, Lt Frank e The Maniac preparam-se, agora, para celebrar, a 11 de Abril, no Santiago Alquimista em Lisboa, o primeiro aniversário de um projecto que começou devagar, mas que rapidamente tiveram de o levar muito a sério.

Com uma sonoridade de influências diversificadas, que vão do blues ao jazz, do velho rock and roll à chançon française, do pop à bossa nova, The Profilers têm apostado nos espectáculos ao vivo para conquistar público e ganhar notoriedade e vão acumulando presenças bem sucedidas em festivais e concursos de lançamento de novos talentos, estando já a preparar EP de estreia, na sequencia de vitória no XIII Festival de Música Moderna de Corroios.

Para o espectáculo de 11 de Abril, inserido no Ciclo de Novas Tendências do Santiago Alquimista, o colectivo de Sintra promete boas surpresas e algumas participações especiais.
Após o concerto, DJ set com Professor Xavier do Vespa Gang Mod Club e DJ Pitosga.

Horário: 22.00h
BILHETES: 8€

Informação Santiago Alquimista e The Profilers

Abril 1, 2008

Miliion Dollar Lips – programação para esta semana

Filed under: indie,musica portuguesa,pop,rock — profestas @ 12:36 am
Tags: ,

 

Dizem de si próprios: “Três mentes obsessivas encontram o produtor belga Marc Requilé (Evil Superstars, Vive la Fête). Álbum de estreia em finalização.”.

“Conhecemos” os Million Dollar Lips na final do Festival de Música Moderna de Corroios (ver reportagem aqui) e gostámos do que vimos e ouvimos (pena a iluminação não ajudar no que dizia respeito às projecções). Assim recomendamos vivamente que os vão ver ou ao Frágil, no dia 3, ou na Fnac do Almada Fórum, no dia 4, ou no In a Bar, em Rio Maior, no dia 5 de Abril.

Site: Million Dollar Lips

NOTA: Os Million Dollar Lips enviaram-nos por mail esta informação. Outras bandas que estejam interessadas na divulgação aqui no Programa das suas programações façam o mesmo. Nós estamos aqui para, dentro das nossas possibilidades, os apoiarmos.

Março 29, 2008

16 de Abril no Rock in Chiado

Filed under: indie,rock — profestas @ 7:22 pm
Tags: , , , ,

Editors em Lisboa e no Porto

Filed under: electrónica,indie,rock — profestas @ 12:42 am
Tags: , , , , , ,

editors“Os Editors vão estar em Lisboa no dia 2 de Abril, subindo ao Porto no dia seguinte. A banda britânica estreou-se entre nós no Super Bock Super Rock de 2006. Na altura, surpreenderam ao contrariarem a luz do dia com uma prestação forte e intensa, com potencial para fechar a noite. Regressaram no ano passado para um concerto no Restelo que evidenciou o que já parecia inegável: havia ali mais do que o “hype” produzido pelo álbum de estreia, “The Black Room”. O segundo álbum, “An End Has a Start”, não trouxe o mesmo factor surpresa, mas não deixou de sublinhar o som de marca da banda, nem de impressionar a imprensa especializada.

“Os Editors mantiveram aquilo que fazem melhor”, escreveu a BBC. “Não foi uma má ideia. ‘An End Has A Start’ pega no melhor de ‘The Black Room’ e dá um passo em frente. As letras, ligeiramente deprimentes e taciturnas, continuam lá, bem como o estilo sempre presente das guitarras e o ritmo rápido e vertiginoso. Mas é maior, mais ambicioso e melhor”. A “Uncut” afina pelo mesmo diapasão: “Fabricaram uma atmosfera mais suave e onírica, com menor ansiedade aparente, e criaram um véu sombrio de tristeza, injectado por uma esperança transcendente.”

A indecisão entre Interpol e Editors é compreensível. Ambos têm uma predilecção por negro, ambos nasceram dentro das mesmas coordenadas espacio-temporais (embora os Editors sejam mais jovens) e ambos se movem por um estilo electro-indie-rock que lava o pós-punk e reclama a alma Joy Division. Mas a indecisão é também injusta, que de Nova Iorque a Birmingham ainda vai alguma distância – que é o mesmo que dizer que são planetas formados a partir de elementos semelhantes mas como resultados que não são de todo iguais – nem colidem tão pouco. São poucas as bandas recentes que conseguem fazer jus a este legado. Se tivéssemos que desenhar um pódio, os Editors estariam lá – o tom da medalha só depende do gosto de cada um.”

Campo Pequeno – Lisboa

Dia 2 de Abril às 21h00
Preços: 22 a 30 €

Coliseu do Porto

Dia 3 de Abril às 21h00
Preços: 25 a 28€

PUBLICO.PT

Site: Editors

Março 27, 2008

Esteban Device e Noiserv no Santiago Alquimista

esteban device“Incluída no ciclo de “Novas Tendências” da música portuguesa, esta performance é sinónimo de reconhecimento por parte de público que já acompanha a banda na sua curta existência. Os ambientes que criam sugerem Radiohead, Sigur Rós, Mogwai e Massive Attack, mas as comparações acabam aí: ideias frescas, arranjos cuidados, e composição atenta ao ouvinte como na satisfação de quem a faz.

Existindo desde 2006, são uma das bandas alternativas a ter em conta neste ano de 2008. Após algumas mudanças de formação e a gravação de duas maquetes, a banda prepara este início de ano com regrado optimismo, participações em concursos, concertos agendados e outros locais confirmados com datas por definir, juntando-se a algum hype derivado da afluência no Myspace da banda (mais de 15.000 visitas até à data).”

 

 

 

noiservMas como uma grande noite não vive só dos artistas em questão, surge, em auxílio, NOISERV.

David Santos tornou palpável a sua música a solo com o nome Noiserv quando em 2005 concorreu ao Termómetro Unplugged. Foi escolhido para uma das eliminatórias no Contagiarte no Porto e mais tarde a convite da Merzbau acaba por lançar os 3 temas incluídos nessa demo num ep online.
Desde então tem apostado em mostrar o seu trabalho em concertos por todo o país, numa abordagem à música que passa pela construção de canções delico-doces, melódicas, melancólicas. Num registo que poderá remontar ao imaginário de alguns songwriters dos anos 90 (mas que busca ao mesmo tempo novos horizontes), e tendo como pano de fundo as próprias vivências, abordam-se temáticas mais ou menos abstractas, constroem-se personagens, destroem-se fantasmas, partilham-se segredos. A intimidade é palavra-chave da sua música.”

Ciclo das Novas Tendências:

Esteban Device + Noiserv
Alternative / Indie / Ambient

Bilhetes: 5€
Abertura de Portas: 22h00
Início do Espectáculo: 23h00
www.estebandevice.com | www.myspace.com/estebandevice
www.noiserv.no.sapo.pt  | www.myspace.com/noiserv  

Informação Santiago Alquimista

Março 24, 2008

Soy Un Caballo

Filed under: indie,pop — profestas @ 7:25 pm
Tags: , ,

A promotora Team Judas traz-nos este duo belga (Aurélie Muller & Thomas Van Cottom), já em Abril.

Irão actuar em Barcelos (Auditório da Biblioteca Municipal), nas Fnacs do Porto, e no Maxime, em Lisboa.

Entretanto, a música pode ser ouvida no myspace da Team Judas.

Março 11, 2008

Esta semana no Santiago Alquimista

CARIBOU
A LOUCURA VEM DO CANADÁ

“Um dos mais brilhantes talentos a emergir no início do século XXI”, segundo Kingsley Marshall do Allmusic.com, Caribou, pela primeira vez em Portugal, dia 12 de Março no Santiago Alquimista… um concerto realmente único, que ninguém pode perder!

Data * 12 de Março
Preço único * 17,00 Euros
Abertura de Portas * 21h00
Início do Espectáculo * 22h00

FAMILEA MIRANDA
DUASSEMICOLCHEIASINVERTIDAS
GNU

Os Familea Miranda vêm pela primeira vez a Portugal para apresentar o seu último disco “LLamando al Desastre”, uma compilação remasterizada dos seus primeiros dois álbuns, de 2001 e 2003, originalmente editados em CD-R apenas no Chile.

Os dUASSEMICOLCHEIASINVERTIDAS são um acidente! O próprio nome surgiu por engano… Formaram-se há uns meses atrás, quando músicos provenientes de outros projectos se foram juntando numa sala de ensaios, tendo como único propósito a necessidade de “fazer barulho”.

GNU

Ainda que atormentado por desejos carnais, este animal da savana lisboeta sujeita-se à condição de herbívoro ruminante. Porém, mastiga sem medo urtigas e cactos, para regurgitar sempre algo de novo. Bovino orgulhosamente solitário, só recorre à manada por alturas do cio. Entretanto, desbrava caminhos sem se preocupar com o que esconde o próximo arbusto: rock de popa, electrónica do deserto, metal do inferno, uma fanfarra, o desconforto, um leão ou David Attenborough.

Data: 13 de Março
Abertura de portas: 22h
Início: 23h
Bilhetes: 5€
Imperial só a 1,5€

THE SLACKERS (EUA)
Humble + b!rd + The Ratazanas

A Xuxa Jurássica Produções tem o prazer de apresentar o regresso a Portugal dos norte-americanos The Slackers.

Conhecidos pelas suas enérgicas prestações ao vivo, os Slackers estão de volta a Portugal depois de em 2005 terem actuado no Teatro da Comuna, em Lisboa.

Apontados como uma das mais notáveis bandas a emergir de Nova Iorque, os Slackers são hoje uma das maiores referências do Ska revivalista e pela mão do seu vocalista e compositor Vic Ruggiero não deixarão certamente ninguém indiferente.

Fieis às suas raízes e fortemente influênciados pelos pioneiros The Skatalites e The Upsetters, os Slackers apresentam um som inovador que bebe do ska, rocksteady, reggae, dub, soul, swing, garage rock, e do jazz.

Data: 14 de Março
Abertura de Portas: 20h
Bilhetes: 15 euros Bilhetes à venda no dia e local do evento a partir das 20h00

Informação Santiago Alquimista

Fevereiro 21, 2008

2º Aniversário do Projecto Marginal

A Projecto Marginal – Associação Cultural comemora, no próximo dia 23 de Fevereiro, o seu segundo ano de actividade, com uma festa de aniversário no Santiago Alquimista.

Num primeiro ano esta associação recuperou, para a cidade de Lisboa, antigos espaços como a Caixa Económica Operária, o Grémio Lisbonense, o Ateneu Comercial de Lisboa ou o Convento das Mónicas com eventos que movimentaram mais de 7000 pessoas.

Neste segundo ano o Projecto Marginal apostou, em promover concertos com as bandas do novo rock português inseridas dentro de eventos ligados ao cinema (Festival de Cinema Indielisboa, lançamento do filme INLAND EMPIRE de David Lynch), festivais multidisciplinares (Festival Táxi) e ainda nas noites de quinta-feira no bar Europa, as Noites Marginal Rock. Mais uma vez, conquistou novos públicos, criou novos conceitos (Grunge Festa, Festa dos Balcãs, Noites Indie) e continua a fazer sucesso nas noites de Lisboa.

Além de tudo isto, a associação lançou a Marginal Aventura, com o objectivo de organizar eventos de desportos radicais e com grande ligação à natureza e ao património cultural das cidades. O seu primeiro evento, um peddy-paper nocturno na zona histórica da Baixa lisboeta, foi um grande sucesso em termos de adesão de participantes e de diversão em noite de Halloween.

Na sala principal do Santiago Alquimista vão desta vez actuar duas bandas portuguesas já com provas dadas, os Born a Lion e os d3o.

Depois de alcançarem um honroso terceiro lugar no pódio do Termómetro Unplugged realizado em Abril de 2006 e de abrirem em Maio o concerto em Portugal dos britânicos Art Brut, os Born a Lion (Marinha Grande) assinaram pela Rastilho Records o contrato para a edição de “John Captain”. Este foi produzido por Marco Jung (Ianasonic, Dapunksportif) e contou com a participação especial de Paulo Furtado (Legendary Tiger Man|Wray Gunn) nas músicas “My Black Horse” (slide-guitar) e “67´Cadillac” (voz). A música dos Born a Lion remete-nos para a paisagem bucólica norte americana, sempre ao longo do curso do Mississipi. Um misto de Johnny Cash, Immortal Lee County Killers, Black Sabbath e Led Zeppelin. Mas não se deixem iludir, os Born a Lion não são mais uma banda que tenta entrar na onda retro por uma questão de moda ou facilitismo.

Em seguida, os d3o, um power trio vindo de Coimbra que bebe inspiração no blues e incendeia os palcos com o seu rock que transpira energia, destila raiva e explode intensidade. A banda de Tony Fortuna (um dos elementos dos extintos Tédio Boys, de onde saíram ainda Paulo “Tigerman” Furtado ou Kaló dos Bunnyranch), encontra-se em tournée para comemorar o lançamento de “The Box”, uma edição especial limitada a 100 exemplares, que inclui os três EPs da banda: “7 Heartbeat Tracks”, “SixPackTrack” e “8 Tracks on Red”.

Para além destas duas bandas, actuarão ainda os djs que estiveram em destaque nas festas do Projecto Marginal no ano de 2007. Todas as vertentes do rock, desde os blues ao punk, das melodias dos eighties ao indie rock actual, passando pelo grunge e o rock alternativo dos anos 90, serão ouvidas nesta noite com os sets de Miss Nicotine, Cantrell e dos New Sonic (R)Evolution. Tudo isto acompanhado pelas imagens da VJ Marta Machado.

Para além de tudo isto, inaugurará a exposição de fotografia de Alípio Padilha, com fotografias dos concertos, festas e outros eventos promovidos pelo Projecto Marginal neste segundo ano de actividade.

Data: 23 de Fevereiro

Local: Santiago Alquimista 

Os bilhetes custam 5 euros e as portas abrem às 23h00.

Sites: Projecto Marginal, d30, Born a Lion, Santiago Alquimista

Informação de Projecto Marginal e Santiago Alquimista

Create a free website or blog at WordPress.com.