Programa de Festas

Abril 27, 2008

IberFolk – Festival de Cultura Tradicional – Sortelha- Sabugal

Será nos dias 5,6 e 7 de Setembro em Sortelha [aldeia histórica] – Sabugal.

“Num desafio permanente ao público, aos conceitos culturais estabelecidos, à criatividade, à participação activa e à descoberta, a associação Transcudânia, os colectivos Rodobalho e Tradballs e a Junta de Freguesia de Sortelha preparam a 3ª edição do IberFolk, entre 5 e 7 de Setembro, na aldeia histórica de Sortelha.

Num formato em que a participação daqueles que seriam os espectadores é o centro do programa, o festival pretende levar o valor histórico e patrimonial de Sortelha e da região a novas pessoas.

Pretendemos construir um ponto de encontro saudável, partilhado em redor da música, da dança e da cultura tradicional, nas suas diversas formas de reconstrução e reinterpretação. Depois do sucesso da 2ª edição, com a magia de Sortelha aclamada por todos, temos a certeza que em 2008 Setembro abrirá as portas da muralha a almas novas em busca de momentos ímpares.

O programa será um misto de aprendizagem e descoberta – das danças, dos instrumentos, das artes, da paisagem – durante o dia e de partilha e alegria em sons diversos à noite. A grupos de cariz tradicional, com propostas inovadoras de interpretação, juntaremos a paisagem ímpar de Sortelha e arredores para que o olhar, a audição, o tacto e o olfacto se sintam em casa, numa casa-aldeia.

Assente numa organização voluntária e na conjunção de muitos esforços, o programa será aberto também a propostas de todos quantos se queiram juntar. Seja na preparação, ou no próprio dia, seja na logística, seja no palco.

Mais do que nomes sonantes para serem consumidos pelo imediato, dizemos agora que Sortelha volta a acontecer, que em Setembro as muralhas desaparecem. Mais do que prometer programas recheados de habituais, deixamos o desafio para que o construam. A Transcudânia será o motor”.

Aposte neste desafio, na beleza de Sortelha – Sabugal. Aposte em participar, em ter momentos de alegria e de divertimento em várias áreas.

Aposte nesta terra de sonhos que nunca demais são sonhados.

 

Contactos:

Transcudânia – Carlos Alexandre – 917021183 – transcudania@gmail.com

Rodobalho – Ana Bica – 968197601 – http://www.rodobalho.comrodobalho@rodobalho.com

 

 

Anúncios

Fevereiro 1, 2008

Cem anos depois do assassinato do rei – “O dia em que mataram o rei”

Filed under: história — profestas @ 11:43 pm
Tags: , , , ,

No dia 1 de Fevereiro de 1908, o rei de Portugal, D. Carlos e D. Luís Filipe, o herdeiro presuntivo da coroa, no regresso de uma estadia em Vila Viçosa, morrem num atentado.

Muito se tem dito e escrito sobre este acontecimento, que suscita polémicas e paixões. Mas o que de momento nos ocorre dizer é sobre um pequeno livro recentemente publicado para adolescentes (e talvez não só), do escritor José Jorge Letria, com o título “O dia em que mataram o rei”.

Editado esta semana pela Texto Editores, “O dia em que mataram o rei” conta em menos de trinta páginas, com ilustrações de Afonso Cruz, os acontecimentos de 01 de Fevereiro de 1908 sob o ponto de vista de um rapaz de 10 anos.
“Nunca mais me esqueci da frase `anda muito ódio no ar´, que me pareceu ser a que melhor podia resumir o que se passara momentos antes naquela praça de Lisboa, no dia 01 de Fevereiro de 1908, quando tinha apenas dez anos e nada sabia ainda da vida e das surpresas que ela nos reserva”, diz o narrador.
Em declarações à agência Lusa, José Jorge Letria defendeu que em relação à História, e a um acontecimento tão polémico como foi o regicídio, “é preciso sempre mostrar os dois ângulos da verdade”.

Os dois ângulos da verdade, tal e qual.

Fontes:

http://www.observatoriodoalgarve.com/cna/noticias_ver.asp?noticia=19584

http://www.laicidade.org/1910-2010-centenario/galeria-republicana/atentado-1fevereiro1908

Create a free website or blog at WordPress.com.