Programa de Festas

Abril 18, 2009

Portugal Dance Awards – Alunos Artist com desconto!

Filed under: dança — profestas @ 11:31 pm
Tags: , , , ,

 

 

 

Março 18, 2009

ÁFRICADANÇAR – Congresso Internacional de Danças Africanas

Filed under: afro,dança — profestas @ 3:37 pm
Tags: , , , ,

ÁFRICADANÇAR afirma-se como um evento de características únicas, que pretende incentivar a dança, em todos os apaixonados pelos ritmos quentes de ÁFRICA, exacerbados pela batida cardíaca do continente africano.

ÁFRICADANÇAR abrange uma excepcional panóplia de estilos, desde a internacional Kizomba até à Dança Oriental do Norte de África, passando pelos mais tradicionais como o Funaná e a Coladera.

Este Congresso Internacional de Danças Africanas apresenta ainda estilos metamorfoseados e adaptados à contemporaneidade, como a Dança Tribal e o Contemporâneo Africano.

Desejando, que este evento a realizar anualmente, abra novas portas sobre a multiculturalidade africana, sugerimos distintos workshops, espectáculos, concursos, concertos e festas de dança.

A presença de stands de artesanato, com múltiplas origens geográficas irá dar ênfase à atmosfera pretendida.

Dias 21 e 22 de Março no Cinema S. Jorge.

Site: www.africadancar.com

Novembro 21, 2008

FESTvoarte – DANÇA SEM SOMBRA – VÍDEO-DANÇA – 24 e 25 NOV

                                      http://www.youtube.com/watch?v=oVH128JPbNo&fmt=18

Novembro 1, 2008

14 de Novembro – 2ª Eliminatória no Bairro Latino em Lisboa

 É no dia 14 de Novembro a 2ª Eliminatória do 2º Campeonato Internacional de Kizomba no Barrio Latino em Lisboa.

Consulta o site oficial do ÁfricAdançar (www.africadancar.com) onde está disponivel o regulamento deste Campeonato, o júri do mesmo, e onde já se encontra disponivel o vídeo da 1ª Eliminatória realizada na Art!st e muito mais…

A participação neste 2º Campeonato Internacional de Kizomba é gratuita!

PMP – Produção de Eventos
Rua da Manutenção nº 43 Drt.
1900 Lisboa
http://www.pmpeventos.com/

Outubro 29, 2008

Em 31 de Outubro, o Tango está de volta à Art!st

O tango – Estilo Milongueiro – está de volta à Art!st!

Venham dançar com a equipa de profissionais mais reconhecida em Portugal!

Alejandro Laguna e Elena Gonzalez, naturais da Argentina.

Dia 31 de Outubro, 21h30, na Academia Art!st

E ainda:

Outubro 27, 2008

Tela – Culturgest – Dança – 6 e 7 de Novembro de 2008

Filed under: dança — profestas @ 1:11 am
Tags: , , , ,

“Corpos que medem, que marcam, que informam, enformam, constroem, subtraem, extraem, criam. Corpos que respiram, que agem, que se encontram, que se cruzam, que comunicam. Corpos que existem, que são expostos à sua própria existência.

A identificação é sempre necessária para se poder existir, identificamo-nos e existimos a partir dos outros, com os outros e entre outros…
Os corpos lançam-se no espaço e no tempo, a visão tece uma parte da memória, a memória cria as referências necessárias e as referências soltam-se na história.

Tela é uma peça com cinco artistas. Cinco corpos. Cinco pessoas numa performance com um só fim: existir. Sonoridade e texto criam, distendem /ampliam imagens e pensamentos sobre pontos de partida simples, dir-se-ia mesmo sobre um imaginário da banalidade. NÓS – os performers – executamos. É uma questão de sugestão. Ou, simplesmente, de mapear uma experiência. Resta saber, nesse acto de cartografar (coreografar), qual a medida comum dessa experiência.”

Ivo Serra formou-se como actor na Escola Profissional de Teatro de Cascais e tem o 3.º ano do curso de Cinema – Imagem em Movimento do Ar.Co.

Desde 2002 integra o colectivo de artistas da Bomba Suicida, onde tem participado em algumas peças dos artistas residentes. A sua primeira criação foi o vídeo Um Passo de Cada Vez, apresentado em festivais em Espinho, Lisboa, Covilhã, Silves, Fundão, São Paulo, Rio de Janeiro e Kaliningrado.

Desde então tem vindo a desenvolver os seus trabalhos combinando o vídeo com a performance: Check-In, co-criado com Ana Ribeiro, Bristol in Pieces, com os restantes artistas da Bomba Suicida e os Spaghetti Club, resultado de uma residência em Bristol, a convite do Centro de Artes Arnolfini (Prémio Portuguese Performing Arts Awards 2004-2005), Graffiti, resultado de uma residência na cidade de Nottingham, a convite do Festival Now, When I Fall, peça criada em três partes e desenvolvida durante 2005 e 2006, cuja terceira parte, o vídeo-dança fall, tem tido várias apresentações internacionais em festivais vídeo-dança (Lisboa, Porto, Rio de Janeiro, Joanesburgo). As suas criações mais recentes são Á beira, apresentada em Outubro de 2007 no Estúdio da Bomba Suicida, e o vídeo OANNES, apresentado em exposições e festivais em Almada, Lisboa e Nimes.

Além de ser um dos artistas associados e produzidos pela estrutura Bomba Suicida, Ivo Serra é o responsável pelos conteúdos de imagem e vídeo nos projectos artísticos da estrutura RE.AL.

 Concepção e direcção Ivo Serra
Criação Adriana Sá, Ana Ribeiro, André Gonçalves, Ivo Serra e Rita Natálio
Textos Ana Ribeiro, Ivo Serra e Rita Natálio
Dispositivo cénico André Gonçalves e Ivo Serra
Som Adriana Sá e André Gonçalves
Luz Adriana Sá e Ivo Serra
Imagem Ivo Serra
Acompanhamento crítico Rita Natálio
Produção Bomba Suicida
Co-produção Bomba Suicida, Dupla Cena – Festival Temps D’Images, Culturgest
Apoio RE.AL
Design gráfico Nuno Ribeiro

Bomba Suicida é uma estrutura financiada pelo Ministério da Cultura / Direcção Geral das Artes 

21h30 · Pequeno Auditório· Duração 45 min. · 12 Euros (Jovens até aos 30 anos: 5 Euros. Preço único)

Classificação: M/12

Informações e reservas
21 790 51 55
culturgest.bilheteira@cgd.pt

Bilhetes à venda – Culturgest-Fnac-Bliss-Livrarias Bulhosa (Oeiras Parque)-lojas Abreu-Worten
www.ticketline.sapo.pt
Reservas
707 234 234

Culturgest

Outubro 14, 2008

OLGA RORIZ – INFERNO – nova criação 2008

Filed under: dança — profestas @ 8:47 pm
Tags: , , ,

 

Na nova criação de Olga Roriz há um caminho interior e iniciático, polvilhado de tristezas, ironias e reconciliações onde, segundo a coreógrafa, o pecado, a maldade e a fraqueza não são punidos.

Dia 18 de Outubro, no Teatro Municipal de Almada, às 21h30

A ideia de musical, como em “Paraíso” (2007), continua presente mas com um olhar ainda mais distante. As vozes unem-se em hino ou em canções de amores solitárias. Os anjos transformam-se em bobos que dançam e falam sobre alguns de nós. Tudo o resto é para ser descoberto a cada passo, em cada palavra, em cada som… (lido aqui)

Após a apresentação em Almada, INFERNO poderá ainda ser visto, em 2008, em cidades como Ílhavo, Lisboa e Bragança. Para 2009, a Companhia Olga Roriz apresentará no seu site – www.olgaroriz.com – mais informações sobre a digressão de PARAÍSO e INFERNO

ARTISTA/S
Olga Roriz (selecção musical), Olga Roriz (figurinos), José Avelino (arranjos musicais), Luis Madureira (direcção vocal)
BAILARINO/S
Catarina Câmara, Maria Cerveira, Sílvia Rijmer, Bruno Alexandre, Pedro Santiago Cal
COMPANHIA/S
Companhia Olga Roriz
COREÓGRAFO/S
Olga Roriz

PREÇO
10€

ver o site do Teatro Municipal de Almada

Setembro 7, 2008

Nijinski ou o Sentimento – Espectáculo de dança contemporânea

Manuel André Silva, coreografia; Dora Vicente, Fernando Ascensão, Gonçalo Cruzinha, Inês Ferreira e Manuel Silva, interpretação.

12 Set: 21h30, 14 Set: 19h

Espectáculo de dança contemporânea.

Informações úteis: 965 839 324
Preço dos bilhetes: 7,50€

Auditório Carlos Paredes

Endereço: Avenida Gomes Pereira, 17
1549-019 Lisboa
Telefone: 217 123 000
Acessos: Autocarros: 16C, 24, 50, 84
Fotografia: Vera Correia

Setembro 6, 2008

BEIJING DANCE ACADEMY – DANÇAS MILENARES E DANÇA CLÁSSICA CHINESA

Fundada em 1954, a Beijing Dance Academy é uma das mais prestigiadas escolas de ensino superior artístico na China.

Frequentada por cerca de 2000 alunos, os cursos que lecciona abrangem a Dança Clássica Chinesa (gudian wu), a Dança Folclórica Chinesa (mian jian e minzu wu), o Ballet, a Dança Moderna (xiandai wu), a Coreografia (bian dao), a História e Teoria da Dança e as Danças Sociais.

Inicialmente baseada no regime da Bolshoi Academy, recebeu também influências da Escola Francesa, da Royal Academy of Dancing e do Royal Danish Ballet que se reflectem no seu programa de ensino e repertório. Nesta escola têm sido formados alguns dos mais prestigiados bailarinos chineses muitos dos quais têm integrado companhias internacionais.

Apresentada pela primeira vez em Portugal numa co-produção entre a Fundação Oriente e a China International Culture Agency, a Beijing Dance Academy apresenta-nos um repertório que inclui as Danças Históricas e Tradicionais e Dança Clássica Chinesa.

Em 20 e 21 SETEMBRO, no AUDITÓRIO da Fundação Oriente, às 21:30

PREÇO: € 15,00
M/ 3
DURAÇÃO APROX: 1 hora e 40 minutos, com intervalo

Co-produção: Fundação Oriente/China International Culture Agency/Embaixada da República Popular da China

Fundação Oriente

Agosto 3, 2008

9 AGOSTO – FESTA EXÓTICA NO MAXIME! CAIS SODRÉ CABARET EXOTIQUE! + DR. FRANKENSTEIN + DJ A BOY NAMED SUE

Cais Sodré Cabaret! Exotique

9 Agosto . Cabaret Maxime
Banda convidada:
Dr. Frankenstein
Burlesco (vintage strip-tease):
Go Go Lolita
Lady Gin
Michelle d’Orleans
Miss Saucy Minx
Vaudeville: Charisse Sisters
DJ: A Boy Named Sue

As Produções deLuxe Banana apresentam a festa Cais Sodré Cabaret Exotique!, a noite de Verão mais exótica de Lisboa! O local escolhido é o Cabaret Maxime, e entre a luz das velas e o verde das palmeiras, este espaço mítico da velha e renovada Lisboa abre portas ao exotismo, encerrando assim em beleza para umas merecidas férias.

A data é o dia 9 de Agosto – o mês mais quente do ano – e o dress-code é “exotique” até onde a imaginação o levar!

A partir da cosmopolita capital, o Cais Sodré Cabaret Exotique! vai festejar o verão com uma noite de véus, delícias, aromas de essências perturbadoras, e um exuberante desfile de excentricidades! Pelo palco vão passar odaliscas das 1001 noites, hula-hoops do Hawaii, heroínas da selva africana, reencarnações de Carmen Miranda e Josephine Baker, danças exóticas com tequila, engolidoras de espadas, e outras surpresas que não vamos aqui revelar!

Para dar mais balanço aos umbigos e braços ondulantes não vai faltar o surf rock dos Dr. Frankenstein, e para animar ainda mais esta noite, baile ao som do DJ A Boy Named Sue!

No bar poderá tomar cocktails de exótica simpatia, do Surfer on Acid ao Luxury Lynchberg Lemonade! As reservas vão esgotar, e a bicha para aquisição de ingressos promete chegar ao Parque Mayer! Reserve já o seu bilhete!

sábado . 9 agosto 08 . bilhetes € 10,00
cabaret maxime – pç. alegria, 58 em lisboa
abertura de portas 22h00 . espectáculo 23h30
reserva de mesas tel. 213467090 . 967045836 . 916350427

www.myspace.com/bananaproducoes

Agosto 1, 2008

Dream Bodies – Dança – Casino Estoril

Depois do sucesso em 2007, DREAM BODIES regressa ao Casino Lisboa. Sensualidade, erotismo e muito humor.

Venha viver uma noite de glamour na melhor tradição do burlesco clássico. Venha ver e ouvir uma fábula de inocência e perversão que celebra o erotismo e a magia da dança, unidos pela arte da sedução e da sensualidade.

Com muito humor e interactividade com o público, Dream Bodies está de regresso, um ano após a sua estreia no Arena Lounge do Casino Lisboa.

Com coreografia de Isabel Martins, Dream Bodies é um novo olhar sobre uma arte secular, numa perfeita harmonia dos seus elementos essenciais reinventados para o século XXI.

De: 25-07-2008 a 30-08-2008

Horários: Todos os dias 00:00

Com entrada livre, o novo espectáculo do Casino Lisboa decorre, todos os dias, pela meia-noite.

Por imperativo legal, o acesso aos espaços do Casino Lisboa é reservado a maiores de 18 anos.

Este é um dos mais recentes projectos de Isabel Martins, fundadora e formadora da A In Sin – Escola de Expressão Corporal de Lisboa – que nasceu em 2006, resultado da sua paixão pela dança e pelo ensino.

É interessante consultar o site da Escola. Conhecerá o percurso profissional da autora, que após ter concluído o curso de Striptease em Londres, decide experimentar este tipo de aulas em Lisboa.

Não ficará indiferente.

E poderá tomar conhecimento do programa de Workshops Striptease que continua a decorrer neste ano
 

sites: Produções UAU

Julho 13, 2008

Dancem Todos… em Matosinhos

Filed under: dança,programações — profestas @ 11:52 pm
Tags: , , ,

Julho 11, 2008

Dance International Summer – Parede – Oeiras – 14 a 26 de Julho

O International Summer Dance é um curso de verão organizado pela Companhia Tradicional e pelo Estúdio de Dança S.F.F.C. e será realizado de 14 a 26 de Julho de 2008 nas instalações da EDAM na Parede.

Com uma criteriosa selecção de professores propomos aos participantes uma múltipla escolha de actividades baseadas em 5 cursos: Musical (a partir dos 9 anos), Curso de Professores, Pais e Filhos (a partir dos 3 anos), Workshop Coreográfico (a partir dos 12 anos) e Danças do Mundo (a partir dos 9 anos).

O participante pode optar por se inscrever num ou mais cursos, ou criar o seu próprio conjunto de actividades.

Sugerimos uma visita ao site para um correcto conhecimento do International Summer Dance.

O nosso objectivo fundamental é oferecer em simultâneo, um tempo de formação artística com exercício físico de qualidade e um espaço lúdico de troca e partilha de experiências artísticas entre todos os participantes, acompanhados por professores de renome, num verdadeiro ambiente de Verão.

Esperamos por si.

Contactos / Informações – 917 369 834 – 919 723 701 – Instalações: Escola de Dança Ana Mangericão na Parede

http://www.worldance.biz/

companhia tradicional

Escola de Dança Ana Mangericão

Estúdio de dança de Carnaxide

Junho 22, 2008

BALL-DADO´s – Danças tradicionais

 

Junho 18, 2008

“Inferno” – Olga Roriz – Centro Cultural de Vila Flor

Filed under: dança — profestas @ 5:24 pm
Tags: , ,

Contradizendo o título, segundo Olga Roriz neste espectáculo o pecado não é punido.

A maldade não é punida. A fraqueza também não. “Inferno” é um caminho interior e iniciático, polvilhado de tristezas, ironias e reconciliações. A ideia de musical, como em “Paraíso” (2007), continua presente mas com um olhar ainda mais distante. As vozes unem-se em hino ou em canções de amores solitárias. Os anjos transformam-se em bobos que dançam e falam sobre alguns de nós. Tudo o resto é para ser descoberto a cada passo, em cada palavra, em cada som…

Direcção e selecção musical Olga Roriz
Cenário Olga Roriz/Pedro Santiago Cal
Figurinos Olga Roriz
Desenho de luz Clemente Cuba
Arranjos Musicais José Avelino
Direcção Vocal Luís Madureira
Textos Criação colectiva
Operação de som Anatol Waschke
Pós-produção áudio Sérgio Milhano
Operador de luz Daniel Verdades
Assistente da direcção artística André Louro
Assistente de guarda-roupa e adereços Maria Ribeiro
Construção do cenário João Calixto
Costureira Fátima Ruela
Fotografia Rodrigo de Souza
Director de produção Pedro Quaresma
Produtor executivo José Madeira
Intérpretes Catarina Câmara, Maria Cerveira, Sylvia Rijmer, Bruno Alexandre, Pedro Santiago Cal
Companhia financiada pelo Ministério da Cultura e Direcção Geral das Artes
Apoios Pedras e Pêssegos / Companhia de Teatro de Almada / Sadorent
M/6

É no sábado, 21 de Junho, às 21h30, que a Companhia Olga Roriz apresenta este espectáculo de dança no Grande Auditório do Centro Cultural de Vila Flor – Guimarães

Preço: €12,50/€10,00 c/desconto

Telefone – 253424700

Companhia Olga Roriz

 

Junho 8, 2008

Festival Granitos Folk – Porto

“O Granitos Folk, Festival de música de raizes tradicionais, chega todos os anos no Verão, desde Junho de 2004 como uma mostra de músicas, danças, cantares e festas tradicionais. São as tradições e as raízes “moldadas” pelas novas gerações, a alma de um povo, de uma povoação ou região, a ancestralidade “actual”… é o Granitos”.

12 Jun 2008  – 21:30
MU (PT) – AMAINUR (ES) Palacio de Cristal, Porto

13 Jun 2008 – 21:30
DAZKARIEH (PT) – BARBARIAN PIPE BAND (IT) Palacio de Cristal, Porto

14 Jun 2008 – 21:30
GALANDUM GALUNDAINA (PT) – EMBRUN (BG) Palacio de Cristal, Porto

Os bilhetes podem ser comprados no Contagiatre. DE 1 a 31 de Maio, bilhete festival, 3 dias – 3€

A partir de 1 de Junho – 15€

Bilhetes diários – 7,50€

Contactos: 00351 222000682

Esta informação foi retirada do MySpace do festival, e merece a pena consultá-lo. É um prazer.

 

Maio 28, 2008

Fado e Tango – António Chainho, Isabel de Noronha, Fernando Alvim

 

No Cine-Teatro Municipal João Mota, em Sesimbra, espectáculo de “Fado e Tango”, no dia 30 de Maio, às 21h30.

Duas expressões socioculturais portuárias com origem no século XIX e com grande desenvolvimento no XX.

Duas cidades, Lisboa e Buenos Aires. Dois ícones, Amália Rodrigues e Gardel Carlos.

Fado e Tango- Festival da Serra e do Mar

– António Chainho (guitarra portuguesa), Isabel de Noronha (voz), Fernando Alvim (guitarra)

– Bailarinos de Tango: Alejandro Laguna e Solange Galvão


Duas expressões socioculturais portuárias com origem no século XIX e com grande desenvolvimento no XX.

Duas cidades, Lisboa e Buenos Aires.

Dois ícones, Amália Rodrigues e Gardel Carlos.

Alejandro Laguna foi convidado, em 2001, para dançar tango com a música do mestre António Chainho, na entrega dos Prémios Bordalo, no Grande Auditório da Culturgest.

Esse concerto possibilitou uma tour por várias cidades de Espanha no ano seguinte.

O evento “Fado e Tango” vai permitir o reencontro de António Chainho, grande mestre da guitarra portuguesa, com o seu companheiro de longa data, Fernando Alvim.

E  de uma das novas revelações do fado, Isabel de Noronha, que com eles tem actuado um pouco por todo o mundo, com Alejandro Laguna e a bailarina portuguesa Solange Galvão.

15€ (sujeito a descontos)

Telefone do Cine-Teatro : 212288715

 

  

 

Maio 17, 2008

Música em Vila Viçosa – Ventos da Líria – Concerto

Vila Viçosa, a princesa do Alentejo, vai acolher os Ventos da Líria, interpretando temas tradicionais portugueses e do mundo.

E nesse dia, 23 de Maio, atenção à Escola Secundária Públia Hortênsia de Castro, Escola Secundária de Vila Viçosa, junto da professora Ana Paula Marques, ao “workshop” de danças tradicionais europeias.

E a tudo o mais. Sem esquecer os Ventos da Líria às 21h00.

Esses mesmo, que podem ver neste sítio.

Está tudo ali, no cartaz.

Integra-se no projecto, “À procura de uma identidade”.

Maio 16, 2008

Uxu Kalhus – Uxu BIG Lula!!!

Filed under: bailes,coisas boas,dança,música — profestas @ 10:17 pm
Tags: , , , , ,

Das 23:53 h até às 4:17h – 17 de Maio » Lisboa – Clube Oriental de Lisboa

30 de Maio » Coimbra – Pavilhão Norton de Matos
31 de Maio » Porto – Bar da ESMAE

Programa BIG LULA Lisboa
23h Ataque ninja Gaiteiro

1º set – convidada joana negrão -Predominantemente Tuga Power

VJ Tiago,

2º set -novo CD UxU + covers

Ataque ninja Gaiteiro

3º set – velho CD UxU + covers

E ainda exposição pintura (Diogo Leal) e Ricardo Falcão (desenhos), pojecção de vídeo síncrono, tertúlias junto ao bar, etc. etc. etc.

Programa provisósio das outras Lulas (Coimbra e Porto): Em Coimbra e no Porto haverá discos , livros, performances, talvez bombos, filosofia escrita e a transmissão radiofónica do concerto.

Sobre os D’Uxu Kalhus:

Assumimos toda a loucura e paixão no nosso trabalho. A loucura e não ter medo de inovar e mesmo de errar são essenciais na nossa filosofia como grupo. É exactamente daí que vem a nossa energia e cumplicidade quando tocamos ao vivo: alguma técnica, muita criatividade e 99% de loucura. Isso tem a ver também com outra coisa a que damos muito valor: a honestidade enquanto músicos. E a nossa música só é honesta se vier lá bem do fundo de nós, sem filtros nem artificialismos. E isso só acontece com a tal “loucura” e espontaneidade, com a energia a transbordar do palco e a contagiar o baile.

Acreditamos que a tradição, com as suas músicas, danças e instrumentos tem que estar viva e em contínua evolução. Acreditamos na dessacralização do que é nosso, por isso praticamos a música como expressão da nossa herança cultural moldada pelo mundo contemporâneo em que vivemos, onde a globalização está omnipresente e os computadores revolucionaram a forma como hoje fazemos música. Queremos perpetuar a nossa identidade mas com influencias de uma multiculturalidade global e de uma modernidade irresistível. Não pesquisamos nem fazemos recolhas. Somos mais experimentalistas musicais que utilizamos como matéria prima a música para baile. Fazemos isso porque é o tipo de música, com uma abordagem bastante “fusão”, que nos faz vibrar a tal corda da alma.

Mas a grande motivação que nos move é mesmo a alegria que nos dá tocar todos juntos, numa “loucura” colectiva que individualmente nunca conseguiríamos ter. Fazemos o que fazemos (o que define a nossa música e a nossa sonoridade) em primeiro lugar pela conjugação orgânica de tantos estilos diferentes e em segundo lugar pelo prazer egoísta de tocar aquilo que nos apetece.

Da Lula

O BIG LULA vai ter 3 sets musicais com Uxu Kalhus, outras artes, convidados especiais, e muito, muito mais, sendo um baile longo, com música também para ouvir, e intervalos onde haverá outra coisa que não música de baile – os intervalos serão para sociabilizar, beber copos, tertúliar, ver e ouvir exposições, instalações, ataques ninja, VJ, DJ, etc. [não necessariamente por esta ordem]. Atenção, o BIG LULA não é um baile convencional nem um concerto de UXU KALHUS. Dos objectivos do BIG LULA constam a recuperação do espírito dos intermináveis bailes do Mercado da Ribeira, a experimentação do novos temas para o próximo CD, a adaptação aos convidados como banda suporte, ou o testar dos nossos limites enquanto musicos e enquanto banda; ou seja, fazer tudo o que normalmente não podemos fazer nos outros bailes. Por isso haverá muito tropeção e sujidade, mas haverá também muitas surpresas, música e improviso.

Regras e etiqueta no big lula:

A primeira regra é: Nunca falar da essência da big lula – tem que se ir lá para perceber toda o alcance da enorme Lula

A segunda regra é: Nunca falar da 1ª regra

A terceira regra é: Os músicos e demais artistas têm o direito e mesmo o dever de se enganarem, a bem da experimentação, da cumplicidade e da energia musical em estado puro.

A quarta regra é: Quantas mais pessoas por Lula melhor

A quinta regra é: Uma coisa de cada vez,ele há o baile, ele há os intervalos e ele há os copos. Não se pode passar a Lula toda a bailar, sendo absolutamente interdito bailar sem ser com música ao vivo

A sexta regra é: Nada de ofensas pessoais aos músicos, como perfurar, arrancar, partir ou dilacerar pedaços anatómicos dos mesmos.

A sétima regra é: As Lulas duram o que durarem.

A oitava e última regra do BIG LULA é: Se esta for a vossa primeira Lula, têm de fazer um comentário num Blog à vossa escolha, com sugestões e críticas mordazes. A BIG LULA é um objecto artístico participativo”.

Retirado, sem remorsos, do http://www.tradballs.blogspot.com/

 

Maio 14, 2008

CCB -Roda Pé – Danças Orientais

Filed under: dança,danças orientais — profestas @ 5:03 pm
Tags: , , ,

 

Página seguinte »

Site no WordPress.com.