Programa de Festas

Março 26, 2010

EPICA – Design Your Universe Tour ’10 – Incrivel Almadense

Tipo:
 
Data:
Domingo, 28 de Março de 2010
Hora:
21:00 – 23:00
Local:
ALMADA – Incrível Almadense
Abertura de portas: 20h00 – Início do espectáculo: 21h00
1ª parte: Fantasy Opus

 

Os Epica têm dado provas do seu talento, desde a sua formação em 2003, e o resultado disso é terem-se estabelecido como um dos nomes dominantes do metal sinfónico de influências góticas e vocalizações femininas. Composições bastante influenciadas na música clássica numa junção perfeita com a sensual voz de Simone Simons e as vocalizações guturais do guitarrista e fundador da banda Mark Jansen, fazem dos Epica uma autêntica força criativa que de poucas apresentações mais precisa.

Já com um novo trabalho em carteira, vamos poder assistir à apresentação de “Design Your Universe”, o quinto trabalho de originais do colectivo que promete dar cartas.

Anúncios

Julho 10, 2009

Aqui estão….os MONTE LUNAI!!!

Monte Lunai em Odivelas!

Casa da Juventude de Odivelas

11 de Julho 19:00

 

 

Os Monte Lunai propõem mais um baile na zona centro, desta vez na Casa da Juventude de Odivelas, perto da câmara municipal e do jardim da música.
O baile vai ser antecedido de vários workshops de dança que começam às 16:00 e se prolongam até à actuação dos
Monte Lunai às 19:00.

O grupo promete um fim de tarde muito animado com algumas surpresas nomeadamente na sua formação.

A iniciativa que está inserida no Festival “Rota das Comunidades” é da responsabilidade da Câmara Municipal de Odivelas e está aberta gratuitamente ao público em geral.
Não falte!

Calendário de Julho dos Monte Lunai

Ainda na serra de Sintra damos continuidade ao projecto que todos os meses lança uma fotografia com um travozinho a tradicional. Seja música, dança, espectáculo, sonhos ou simplesmente um ambiente fantástico. A dança pode sem dúvida chegar a qualquer lugar.

Este mês de Julho dá lugar a uma valsa no calendário Monte Lunai, possível de descarregar para o seu computador.

O agradecimento mantém-se para os bailarinos Guida Agostinho e Vitor Cordeiro.

E eu, admiradora incondicional dos Monte Lunai (que nunca vi…) pelo estilo que representam, aqui deixoa minha humilde homenagem!

Não faltem!!

Março 5, 2009

TRADBALLS – A FESTA!

Filed under: coisas boas,festas,música — profestas @ 11:48 pm

Um velho ditado diz que o mês de março é o mês dos burros, pois não sabemos o porquê, mas burro = preguiça, preguiça, não!? Vamos bailar por todo o país… Este fim de semana está repleto de actividades baile-ó-folki, or vejamos: em lagos – aurélien claranbaux, em abrantes e coimbra -fol&ar, no porto – tanira, uxu por terras de alentejo e algarvias, entre outros, por lisboa em breve um fim de semana cheio de energia irlandesa… e esta hein?!? ió ió ió…

Dezembro 5, 2008

Fim-de-semana em grande no COVIL bar!

Para este fim-de-semana prolongado, o Covil bar desafia-vos para um programa em grande:

Sexta dia 05, estreia do DJ convidado Hate.

Sábado dia 06, Beer & Vodka Night. Uma mega noite dançável com os DJ’s Residentes Trevas e Legion, até às 04h.

Domingo dia 07, para os apreciadores e curiosos, uma noite dedicada ao Belly Dance, sonoridades by Hyperion.



Covil bar
Trav Judiaria, 4A
Almada Velha
myspace.com/covilbar
http://covilianos.hi5.com

Julho 30, 2008

Grândola – Concerto a 2 Agosto – “Como se fora seu filho”

Por iniciativa da Associação José Afonso, em colaboração com a Câmara Municipal de Grândola, vai realizar-se o espectáculo “Como se fora seu filho“, em Grândola, no dia 2 de Agosto, a partir das 19h, no Jardim 1º de Maio.

Não perca.

Julho 15, 2008

MONTE LUNAI – Terreiro do Paço e Sesimbra

 Concerto em Sesimbra

                                18 Julho 22:00Cine Teatro Municipal João Mota 

Os Monte Lunai vão a Sesimbra apresentar a versão de espectáculo, em concerto, no âmbito da tour “Amplitude 2008”.

Depois da estreia desta versão no “Lisboa Mistura 2007”, no São Luíz, em Lisboa, o grupo volta a apresentar-se em concerto, desta vez no Cine Teatro João Mota, na bonita vila de Sesimbra.
Fica dado o mote para o início do fim-de-semana de verão, em Sesimbra.

Preço dos bilhetes 5€ (descontos para crianças, jovens até aos 25 anos e seniores a partir dos 65 anos).
                      

Terreiro do Paço

 20 de Julho 2008, 18:00 – Entrada Livre

Os Monte Lunai voltam com força a Lisboa, num baile espectacular, no Terreiro do Paço, em Lisboa.

Regressados de uma tour pelos Açores, os Monte voltam a casa, e vão actuar em plena Praça do Terreiro do Paço, às 18:00. (pela fresquinha), já no próximo dia 20 de Julho.

Para mais informações sobre a agenda e grupo consultar:

http://www.montelunai.com/

Os Monte Lunai valem a pena, acreditem. Ao assistir à actuação deles, perceberá porquê. É difícil transmitir a razão, é aquelas coisas “que se sentem e não se explicam”.

Julho 14, 2008

Um Verão de Festas no Parque Almourol

Filed under: coisas boas,diversos — profestas @ 7:19 pm
Tags: , , , , ,

Numa organização conjunta, os municípios de Constância, Chamusca e Vila Nova da Barquinha acolhem os festejos do Parque Almourol, numa extensão de cerca de 12 km, já iniciados em Junho mas que se prolongam até Setembro.

O programa compreenderá ainda espectáculos de dança, ópera, actividades para crianças, jogos tradicionais, torneios medievais e cinema ao ar livre (com entrada livre), para além de espectáculo multimedia, na noite de 6 de Setembro, no Castelo de Almourol.

Espectáculos, animação,workshops, desporto, aventura, tudo com entrada livre, na região do Almourol, um programa ao ar livre, para toda a família, para aproveitar o Verão ao máximo, a céu aberto, nas margens do Tejo.

Do que ainda resta, e é muito, aqui vai:

Assalto ao Castelo

No dia 26 de Julho pode assistir à reconstituição histórica de uma tomada do Castelo. É a proposta
para esse fim-de-semana.

Um espectáculo pleno de cavaleiros, arqueiros, bombardas, perigosas escaramuças corpo-a-corpo e muita música…

No resplandecente cenário do Castelo de Almourol, assiste-se ao triunfo dos Templários…

Os Bailes do Mundo:

2 de Agosto – 22h00 Violons et Talons (França) – BAILE cIGANO – Constância;

15 de Agosto -22h00 Uxu Khalus (Portugal) – BAILE PORTUGÊS – Tancos | Barquinha

23 de Agosto – 22h00 Monte Lunai (Portugal) – BAILE antigo – Aldeia do Arripiado | Chamusca

Diariamente, às 17h00, Workshops de dança

Comom vê, bailes e Workshops de dança. Três tipos de danças e de músicas presentes em três bailes nas aprazíveis margens do Tejo. Durante a tarde, workshops com especialistas em cada dança. À noite, animados bailes com aliciantes bandas, nacionais ou estrangeiras!

Ao fandango será dedicado um workshop, para quem quiser conhecer melhor a dança típica da Região.

Marítimos – Espectáculos Nómadas em Cena no Tejo

Um convite para passear nas margens do Tejo e assistir a momentos artísticos invulgares. Num palco flutuante, cantores, músicos ou actores protagonizam performances fluviais, a que pode assistir com toda a família

3 de Agosto – Constância; 9 e 10 de Agosto – Tancos | Vila Nova da Barquinha; 24 de Agosto – Aldeia do Arripiado | Chamusca; 31 de Agosto – Vila Nova da Barquinha

Templo Almourol – Espectáculo Multimédia – 06 de Setembro, às 22h00

No final desta temporada, o enigmático Castelo ganha novos contornos, num espectáculo multimédia com forte carga simbólica. Os Templários descobrem, finalmente, o Santo Graal em Almourol!

Performers, actores, figurantes, música, multimédia, efeitos especiais, e o Tejo como Palco de uma intervenção de larga escala, especialmente concebida para o monumento medieval.

Pode saber mais em http://www.parquealmourol.com/index.asp?info=parque

Julho 11, 2008

MONTE LUNAI TOUR

Filed under: coisas boas,música — Dionisio Leitão @ 1:59 am
Tags: ,

sexta, 11 julho – 22H00
açores

domingo, 13 julho- 18H00
açores

sexta, 18 julho – 20H00 – concerto
cine teatro joão mota, sesimbra

domingo, 20 julho – 18H00
terreiro do paço, lisboa

quinta, 24 julho – 23H00
casino da figueira, figueira da foz

sábado, 23 agosto – 22H00
festival médio tejo, arripiado

domingo, 24 agosto – 22H00
festival maré de agosto, ilha santa maria, açores

Andei à cata deles. São (são?) o Miguel Barriga, Denys Stetsenko, Jorge Anacleto, João Madeira, Tiago Oliveira e Mercedes Prieto.

info / contacto: http://www.montelunai.com/

Have a nice trad day, tradballs…

Julho 10, 2008

FESTA DO CIRCO – INATEL – Um espectáculo de Circo, Água e Fogo

A Fundação INATEL apresenta a Festa do Circo’08, numa reunião de «Circo Tradicional» e «Novo Circo», pela ‘Compagnie des Quidams’, ‘Circo Victor Hugo Cardinali’ e ‘Show Me’.

Deixe-se enfeitiçar pela magia do Circo, ao entrar pela Porta-Palhaço. Será recebido e desorientado por 100 palhaços que tentarão complicar-lhe a vida.
A partir da bancada do Estádio do INATEL, poderá assistir a um espectáculo em três pistas. A primeira de Circo Tradicional, a segunda, destinada a números aéreos e uma terceira, de bailado aquático.

O espectáculo vai começar…

Miguel Monte, Acrobata em Cama Elástica
Dança Aérea em Fita Vertical – Stephanie
Uma História Cinematográfica por Ângelo Chaves
Jean Pierre e seus Chimpanzés
Michael e Partenair desafiam a Roda da Morte
Magias e Gargalhadas pelos 100 Palhaços Gugus
Focas Amestradas de Gary e Conchita Muñoz
Trapezistas Voadores – Flang Neves em Triplo Mortal
“Seres de Luz” – Companhia Quidams
Bailado Aquático
Pirotecnia Circense

Compagnie des Quidams

Criada em 1994, a Cie des Quidams é conhecida pelos seus espectáculos de teatro de rua. Cada peça é uma história de encontros e aventura.

“Seres de Luz”, no original “Rêve d’Herbert”, foi criado em 1997 e representado mais de 400 vezes por todo o mundo. Nestas actuações incluem-se as realizadas no âmbito do Mundial de Futebol de 1998 e do Europeu de 2000.
Evocando o espírito de união e de encontro, cinco figuras transformam-se em seres etéreos, deslumbrantes, que nos convidam a uma viagem de emoções, a um ritual mágico que nos transporta a um mundo imaginário… como num sonho…

Um espectáculo produzido pela “Compagnie des Quidams”, Circo Victor Hugo Cardinalli e Show Me.

A Compagnie des Quidams, de França, com ”Seres de Luz”, apresenta um espectáculo mágico, de grande beleza onírica.

Circo Victor Hugo Cardinali

Referência nacional nas artes circenses, a Companhia de Circo Victor Hugo Cardinali apresenta-nos, em duas pistas, alguns dos seus melhores artistas num espectáculo de Circo Tradicional.
Miguel Monte, Ângelo Chaves, Stephanie e Michael são Acrobatas, Humoristas, Trapezistas e Palhaços que fazem parte do espectáculo dirigido pelo grande conhecedor do circo português, Victor Hugo Cardinali.

A juntarem-se a todos estes artistas de circo que percorrem o país de lés-a-lés, Jean Pierre, Gary e Conchita Muñoz, aconchegam carinhosamente as suas focas e chimpanzés, mostrando toda a sua habilidade e perícia.

Show Me

A Show Me nasce do conhecimento acumulado ao longo das suas muitas experiências no universo da pirotecnia e das acções audiovisuais e multimédia.

Numa devida homenagem ao Circo, este espectáculo piromusical apresenta uma série de números com fogo preso e fogo tradicional, aliados a efeitos especiais de laser, luz e um verdadeiro Bailado Aquático que surpreende pela magia e pelo fascínio que nos transmite.

 PROGRAMA:

20.00 – Abertura da Porta Palhaço
21.00 – Miguel Monte, Acrobata em Cama Elástica
Dança Aérea em Fita Vertical – Stephanie
Uma História Cinematográfica, por Ângelo Chaves
Jean Pierre e seus Chimpanzés
Mickael e Partner desafiam a Roda da Morte
Magias e Gargalhadas pelos 100 Palhaços Gugus
Focas Amestradas de Gary e Conchita Muñoz
Trapezistas Voadores – Flang Neves em Triplo Mortal
“Seres de Luz” – Companhia des Quidams
Bailado Aquático
Pirotecnia Circense

Dias 10, 11 e 12 de Julho de 2008, às 21h00 – ESTÁDIO DO INATEL – Lisboa

Bancada: 15,00€ – INATEL: 10€; Crianças dos 3 aos 10 anos: 7.50€.

SÍTIO OFICIAL
http://www.inatel.pt/cultura/festacirco08.html

Julho 8, 2008

Chapitô apresenta AMRT – dia 9 de Julho no Bartô

Filed under: cinema,coisas boas,diversos,sugestões — profestas @ 11:19 pm
Tags: , , , , ,

Comunicação Chapitô – Costa do Castelo nº 1/7 – Tel. 218 855 550

A AMRT – Associação Recreativa e de Melhoramento do Talude tem a sua sede no Bairro do Talude. O Bairro é constituído por 130 casas (agregados familiares), situadas de um lado de uma Estrada Militar numa extensão de 1,5 km, com uma população de cerca de 600 pessoas, das quais mais de 90% são Cabo-verdianos e seus descendentes, e em que mais de 50% desta população, são jovens em idade escolar.
Este bairro é ilegal, e a sua construção foi iniciada no princípio da década de 80, desenrolando-se até 1993, data a partir da qual as autoridades passaram a fiscalizar permanentemente o bairro de forma a impedir o crescimento deste tipo de construções. Para resolver problemas relacionados com o abastecimento de água à população, a AMRT foi fundada em 1993.
Os principais objectivos da associação são: o apoio a crianças e jovens; apoio à família; apoio à integração social e comunitária; protecção dos direitos e interesses específicos dos imigrantes e dos seus descendentes residentes em Portugal; educação e formação profissional dos seus membros.
Os objectivos secundários para a resolução dos problemas habitacionais das populações são: melhoramentos necessários ao Bairro do Talude Militar, acompanhamento no processo de realojamento da sua população, recreação e ocupação dos tempos livres dos seus associados na freguesia de Unhos, concelho de Loures.
A população alvo são os jovens, em idade escolar, e que abandonaram a escola precocemente, e as suas famílias de maneiras a facilitar e dar maior produtividade ao nosso trabalho.

Projecção do documentário: via de acesso de Nathalie Mansoux (prémio para melhor longa-metragem portuguesa no Festival Indie Lisboa 2008).

divulgacao@chapito.org
www.chapito.org
chapitoblog.blogspot.com

Vá até lá. O Chapitô é uma jóia incrustada junto ao castelo, na cidade de Lisboa.

Julho 2, 2008

DA WEASEL | INSÍGNIA E MEDALHA DE OURO “MÉRITO CULTURAL DA CIDADE DE ALMADA”

 

   

“A Câmara Municipal de Almada deliberou atribuir ao grupo Da Weasel a Insígnia e Medalha de Ouro de “Mérito Cultural da Cidade de Almada”, distinção que será entregue no próximo dia 8 de Julho, no salão nobre da Academia Almadense.

O início está previsto pelas 21:00.

É com grande satisfação que a banda recebe a notícia, num ano em que a agenda de espectáculos tem sido o culminar de uma longa temporada de árduo trabalho.

Editado há pouco mais de um ano, o último trabalho de originais do grupo – “Amor, Escárnio e Maldizer” – já se deu a conhecer na maior parte dos palcos portugueses, onde se destacam as Semanas Académicas de norte a sul, vários Festivais de Verão (“Oeiras Alive”, “Creamfields” Lisboa, ou “Marés Vivas” de V. N. de Gaia) e a grande comemoração da Tour no Pavilhão Atlântico, que contou com alguns convidados de peso, não esquecendo o espectáculo na Sala Capitol, em Santiago de Compostela, no passado mês de Abril”.

Nada mais haverá a acrescentar. Todos os que admiram os Da Weasel não podem ficar indiferentes a esta notícia. Eles são, genuinamente, “nossos”. Eles fazem parte do quotidiano de muita gente deste pequeno rectângulo à beira mar plantado. Eles são do melhor que temos por aqui.

Em muitos aspectos.

Obrigado, Da Weasel.

Site da banda, aqui.

Maio 22, 2008

Katalò – Play – Casino Lisboa

Filed under: coisas boas,poesia,teatro — profestas @ 10:32 pm
Tags: , , ,

 

Pela primeira vez em Portugal, a companhia italiana Kataklò apresenta um espectáculo no qual a poesia do teatro se alia à disciplina da dança e das acrobacias desportivas.

Do grego “eu danço, dobrando-me e contorcendo-me”, os Kataklò são formados por jovens atletas que em palco quebram a rígida disciplina desportiva

Para ver de 20 Maio a 8 Junho, no Auditório dos Oceanos do Casino Lisboa.

“Play” é um espectáculo de rígida disciplina desportiva, aplicando a sua mestria em coreografias inovadoras, que aliam a dança e a ginástica ao teatro e poesia. Com humor, os Kataklò transgridem as regras, evidenciam lugares comuns e animam tudo o que é inanimado.

Com cerca de uma década de existência, os Kataklò têm Giulia Staccioli como fundadora. Ex-campeã olímpica de ginástica rítmica, Staccioli participou em diversas competições internacionais das quais se destacam os Jogos Olímpicos de Los Angeles (1984) e de Seoul (1988). No final da sua carreira de atleta, integrou a Companhia Momix onde confirmou a potencialidade da aliança entre o seu treino como ginasta e a sua paixão pela dança.

A mistura de disciplinas originou “Indiscipline” (1996), o primeiro espectáculo com a ex-ginasta a assinar a direcção artística. Desde então, os Kataklò já correram o mundo e actuaram em eventos como a Cerimónia de Abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno de Turim (2006), as festas de Passagem de Ano de Hong-Kong, os JO de Sidney ou o Festival Fringe de Edimburgo.

Os Kataklò prometem transgredir as regras, evidenciar os lugares comuns, olhar para a realidade às avessas e animar tudo o que é inanimado, e Play é o mais último projecto duma companhia italiana que arrisca um espectáculo onde a poesia do teatro se alia à disciplina da dança e das acrobacias desportivas.

Esta é a vocação de um grupo inovador e ousado que, acima de tudo, pretende conquistar um espaço para além das fronteiras habituais do teatro.

Play é o mais último projecto dos Kataklò, uma companhia italiana que à uma década arrisca, com sucesso, um espectáculo onde a poesia do teatro se aliam à disciplina da dança e das acrobacias desportivas.

Horários: Sábado e Domingo às 17h00 Terça a Sábado às 22h00

Local: Lisboa, Casino Lisboa – Alameda dos Oceanos Lote 1.03.01 – Parque das Nações

Telefone: 218929070

Preço: 30€ e 35€.

É ousado, é invulgar.

Maio 16, 2008

Uxu Kalhus – Uxu BIG Lula!!!

Filed under: bailes,coisas boas,dança,música — profestas @ 10:17 pm
Tags: , , , , ,

Das 23:53 h até às 4:17h – 17 de Maio » Lisboa – Clube Oriental de Lisboa

30 de Maio » Coimbra – Pavilhão Norton de Matos
31 de Maio » Porto – Bar da ESMAE

Programa BIG LULA Lisboa
23h Ataque ninja Gaiteiro

1º set – convidada joana negrão -Predominantemente Tuga Power

VJ Tiago,

2º set -novo CD UxU + covers

Ataque ninja Gaiteiro

3º set – velho CD UxU + covers

E ainda exposição pintura (Diogo Leal) e Ricardo Falcão (desenhos), pojecção de vídeo síncrono, tertúlias junto ao bar, etc. etc. etc.

Programa provisósio das outras Lulas (Coimbra e Porto): Em Coimbra e no Porto haverá discos , livros, performances, talvez bombos, filosofia escrita e a transmissão radiofónica do concerto.

Sobre os D’Uxu Kalhus:

Assumimos toda a loucura e paixão no nosso trabalho. A loucura e não ter medo de inovar e mesmo de errar são essenciais na nossa filosofia como grupo. É exactamente daí que vem a nossa energia e cumplicidade quando tocamos ao vivo: alguma técnica, muita criatividade e 99% de loucura. Isso tem a ver também com outra coisa a que damos muito valor: a honestidade enquanto músicos. E a nossa música só é honesta se vier lá bem do fundo de nós, sem filtros nem artificialismos. E isso só acontece com a tal “loucura” e espontaneidade, com a energia a transbordar do palco e a contagiar o baile.

Acreditamos que a tradição, com as suas músicas, danças e instrumentos tem que estar viva e em contínua evolução. Acreditamos na dessacralização do que é nosso, por isso praticamos a música como expressão da nossa herança cultural moldada pelo mundo contemporâneo em que vivemos, onde a globalização está omnipresente e os computadores revolucionaram a forma como hoje fazemos música. Queremos perpetuar a nossa identidade mas com influencias de uma multiculturalidade global e de uma modernidade irresistível. Não pesquisamos nem fazemos recolhas. Somos mais experimentalistas musicais que utilizamos como matéria prima a música para baile. Fazemos isso porque é o tipo de música, com uma abordagem bastante “fusão”, que nos faz vibrar a tal corda da alma.

Mas a grande motivação que nos move é mesmo a alegria que nos dá tocar todos juntos, numa “loucura” colectiva que individualmente nunca conseguiríamos ter. Fazemos o que fazemos (o que define a nossa música e a nossa sonoridade) em primeiro lugar pela conjugação orgânica de tantos estilos diferentes e em segundo lugar pelo prazer egoísta de tocar aquilo que nos apetece.

Da Lula

O BIG LULA vai ter 3 sets musicais com Uxu Kalhus, outras artes, convidados especiais, e muito, muito mais, sendo um baile longo, com música também para ouvir, e intervalos onde haverá outra coisa que não música de baile – os intervalos serão para sociabilizar, beber copos, tertúliar, ver e ouvir exposições, instalações, ataques ninja, VJ, DJ, etc. [não necessariamente por esta ordem]. Atenção, o BIG LULA não é um baile convencional nem um concerto de UXU KALHUS. Dos objectivos do BIG LULA constam a recuperação do espírito dos intermináveis bailes do Mercado da Ribeira, a experimentação do novos temas para o próximo CD, a adaptação aos convidados como banda suporte, ou o testar dos nossos limites enquanto musicos e enquanto banda; ou seja, fazer tudo o que normalmente não podemos fazer nos outros bailes. Por isso haverá muito tropeção e sujidade, mas haverá também muitas surpresas, música e improviso.

Regras e etiqueta no big lula:

A primeira regra é: Nunca falar da essência da big lula – tem que se ir lá para perceber toda o alcance da enorme Lula

A segunda regra é: Nunca falar da 1ª regra

A terceira regra é: Os músicos e demais artistas têm o direito e mesmo o dever de se enganarem, a bem da experimentação, da cumplicidade e da energia musical em estado puro.

A quarta regra é: Quantas mais pessoas por Lula melhor

A quinta regra é: Uma coisa de cada vez,ele há o baile, ele há os intervalos e ele há os copos. Não se pode passar a Lula toda a bailar, sendo absolutamente interdito bailar sem ser com música ao vivo

A sexta regra é: Nada de ofensas pessoais aos músicos, como perfurar, arrancar, partir ou dilacerar pedaços anatómicos dos mesmos.

A sétima regra é: As Lulas duram o que durarem.

A oitava e última regra do BIG LULA é: Se esta for a vossa primeira Lula, têm de fazer um comentário num Blog à vossa escolha, com sugestões e críticas mordazes. A BIG LULA é um objecto artístico participativo”.

Retirado, sem remorsos, do http://www.tradballs.blogspot.com/

 

Ele há coisas boas…

Filed under: coisas boas — profestas @ 2:45 am
Tags: ,

Já floriram jacarandás em Lisboa. 

 
Não, não é o título de uma peça de teatro, mas poderia ser. E mesmo não sendo, é um acontecimento nesta cidade.

Basta andar por aí, e apreciar.

E ainda por mais, gratuito.

Começaram já a florir os primeiros jacarandás em Lisboa, e, como diria o Eugénio de Andrade “…a sua luz fende a pupila, acaricia o dorso da sombra.”

Maio 15, 2008

Fernando Ribeiro, voz de Moonspell em ópera original

Filed under: ópera,coisas boas,gótica,rock — profestas @ 8:24 pm
Tags: , , , ,

Fernando Ribeiro, o vocalista da banda de heavy metal portuguesa Moonspell, vai estrear-se como actor numa “ópera extravagante”, marcada para 19 de Junho, nos Jerónimos, revelou ao CM.

Trata-se de ‘Saga’, uma produção do teatro O Bando, baseada em dois contos da escritora Sophia de Melo Breyner, ‘Saga’, e ‘O Segredo’, adiantou. ‘Eles [O Bando] tentaram reunir vozes comuns à ópera, uma soprano do S. Carlos, uma mezo-soprano, um tenor, mais cantores da folk e da área do heavy, que sou eu’, explicou.

O vocalista, conhecido pelo seu registo potente e ‘cavernoso’, vai interpretar duas personagens: ‘Uma é o deus pirata, que observa e goza com a condição humana lá do alto – vou estar a nove metros de altura, com a minha companheira, a deusa pirata [Filipa Lopes, soprano no S. Carlos], e a outra é um ‘mercador inglês.’’ O líder dos Moonspell confessa que este é ‘um projecto muito complicado e exigente’, que lhe rouba algumas horas à banda. ‘Mas não consegui resistir’, lançou.

O espectáculo tem encenação de João Brites, música de Jorge Salgueiro com vozes e interpretações de Inês Madeira, Francisco Fanhais e da Orquestra da Marinha.

Fernando Ribeiro fundou os Moonspell em 1989 (então Morbid God). Hoje o grupo é a mais internacional das bandas rock nacionais. Além da música, tem também obra feita na poesia. Esta será a sua primeira experiência como actor.

Texto de Luís Figueiredo Silva, no CM

Escolhi esta, de entre as poesias. E não foi fácil. 

Estou aqui tu sabes onde
e as almas saíram à rua esta noite para conversar.

Estou aqui a vê-las, pela janela,
dentro daquilo que nunca chegará cá dentro.

O relógio de lua bate certeiro,
conta-me ao ouvido as horas da minha vigília.

Cá dentro do que lá fora cá dentro uma alma que brilha
e me diz numa voz calada:
“volta para dentro e deita-te a sonhar o mais que possas,
para de vez acabares com os teus pesadelos.”

Por: Fernando Ribeiro em “As Feridas Essenciais”.

Maio 8, 2008

XIII TUIST – Festival Internacional de Tunas “Cidade de Lisboa”

O gosto pela música e pelo espírito académico manifesta-se, também, nas Tunas, e é belo assistir a um bom espectáculo, daqueles em que se sente que aquelas vozes, e que aqueles instrumentos, em uníssono, actuam pelo puro prazer de cantar e de tocar. E é por isso que transmitem ao público o encanto e o entusiasmo que, nesses momentos, ali os une.

E é assim um prazer anunciar que nos dias 12, 13, 14 e 15 de Junho será realizado o XIII TUIST – Festival Internacional de Tunas “Cidade de Lisboa”.

A abertura oficial do festival será no dia 12 de Junho, Noite de Santo António, através da realização de uma festa académica no Largo do Carmo com entrada livre e preços especiais para estudantes.

Nos dias 13 e 14 de Junho (sexta-feira e sábado) a festa continuará na Aula Magna, através da actuação de algumas das melhores tunas de Portugal e Espanha, pertencentes a várias academias.

Tunas a concurso:
– Estudantina Universitária da Lisboa
– Luz&Tuna
– anTUNiA
– Azeituna
– Hinoportuna
– Tuna Templária de Tomar
– Tuna de La Uned de Elche
– Tuna del Distrito Universitário de Granada

Extra-Concurso:
– TFIST – Tuna Feminina do Instituto Superior Técnico
– TAE – Tuna Académica do Liceu de Évora

Teremos um cartaz definitivo, em breve.

Bilhetes à venda: Sala da TUIST, Worten, Fnac, Bliss, Lojas Viagens Abreu, Liv. Bulhosa (Oeiras Parque e C.C. Cidade do Porto), Pontos MegaRede e http://www.ticketline.sapo.pt.
RESERVAS: 707 234 234

Preços:

BILHETE DIÁRIO
Doutorais: 10,00€
Anfiteatro Inferior: 7,00€
Anfiteatro Superior: 5,00€

Passe 2 Dias
Anfiteatro Inf. Central: 10,00€
Anfiteatro Sup. Central: 8,00€

Para mais informações contactar Artur Ferreira através do número 967075700
http://tuist.ist.utl.pt/

Abril 30, 2008

COLORIDA – “Suavidade”

A Colorida é uma daquelas galerias que dá gosto. Ela transmite vontade de voltar. Ela sabe expôr, sabe receber os seus visitantes. Ela é espaço de andar à vontade, de estar ali, sem silêncios, sem bocejos. Ela é assim, mesmo.

 
Fica ali “pé” do Castelo de São Jorge em Lisboa.

Site: Colorida

 

 

 

Abril 22, 2008

Chapitô – Reciclar Abril

 

Março 18, 2008

Peste & Sida – Porto Rio

Filed under: coisas boas,musica portuguesa,rock — profestas @ 5:34 pm
Tags: , , ,

peste & sidaO Porto Rio, “Um bar(co) no qual “tudo o que seja underground é bemvindo”. As palavras são de Rodas, funcionário do Porto-Rio, bar que também pode ser chamado “Gandufe”, verdadeiro nome do barco ancorado junto à Ponte da Arrábida, já a caminho da foz do Douro.
O espaço, um misto de bar, discoteca e sala de espectáculos, ganhou um novo fôlego em termos de programação quando, há já mais de um ano, passou a albergar regularmente concertos, para além dos DJ sets. Na embarcação, há dois níveis à disposição do público: o bar, no que seria a cabina, e de onde se pode apreciar uma vista deslumbrante sobre o rio Douro, e o porão, onde se encontra o palco” – In Publico

Pois é, estarão lá os Peste & Sida! Uma referência do rock nacional, e que divulgam,  na sua música,  a língua portuguesa.
peste & sida

Em 1987 nascia “VENENO”, e 20 anos depois vem o “CAI NO REAL”.

É o seu (muito) merecido regresso.

Março será o seu mês neste ano, para já. Outros espectáculos se seguirão. Consulte o seu site.

Sites:  Publico

          Peste & Sida

          Porto Rio 

Fevereiro 14, 2008

Reservoir Dogs – música de Quentin Tarantino – Music Box

O universo musical de Quentin Tarantino vai dar origem a um espectáculo a 22 de Fevereiro, no MusicBox. Os Reservoir Dogs são músicos portugueses. Ei-los:

Vozes: Rui Reininho,Tiago Bettencourt,Cláudia F, Carla Bolito

Baixo:
Alex Cortez

Guitarras: Zé Pedro, Flak,Tó Trips, Tomé Freitas

Teclados:
Filipe Valentim

Bateria e Percussões: Fred Ferreira, Kalu

Saxofone:
José Lencastre

E esta? Com tantos músicos nacionais a interpretar o “espírito” musical de Tarantino, é difícil resistir.

Começa às 00h, a entrada custa 10€ com oferta de 3€ de consumo.

Music Box

Página seguinte »

Create a free website or blog at WordPress.com.